X

FOTOS

Publicada em 22/07/2013 às 05:54 | Atualizada em 08/05/2015 às 18:26

Criador de Glee deixou decisão sobre a série nas mãos de Lea Michele

Da Redação

O criador de Glee, Ryan Murphy, se pronunciou sobre a morte de uma das estrelas do elenco da serie, Cory Monteith, que faleceu no último dia 13. Ryan acabou expressando o desejo  do ator em ficar melhor e se livrar da dependência química, que acabou o vitimando, de acordo com site TMZ.

Na última vez que se encontrou com o ator, em junho, apesar de o próprio Cory alegar que estava bem, ele notou que havia algo errado.

- Honestamente não poderia dizer o que estava acontecendo com ele. Cory não parecia o mesmo, mas quando eu o confrontei ele alegou que estava limpo.

Quantos aos rumos que tomará a série daqui para frente, Ryan disse que antes de decidir qualquer coisa, conversou com Lea Michele para saber o que ela gostaria de fazer.

- Em última análise, não tomamos nenhuma decisão sem consultar Lea. Brad Falchuk (produtor) e eu conversamos com Lea e perguntamos o que ela queria fazer. Nós oferecemos todas as opções possíveis. Lea estava muito convencida de que achava que era melhor se o elenco e a equipe voltassem a ficar juntos. Cory era muito amado e ela sentiu que as pessoas realmente precisavam estar juntos neste momento. Então nós acatamos a decisão, contou o criador da serie em entrevista ao TV Line.

O roteirista ainda afirmou que Lea está planejando um serviço em memória de Cory para que todos os colegas de elenco e membros da produção possam se despedir do ator.

Glee terá um episódio especial em homenagem a Cory. Saiba mais aqui.


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual nome você prefere para a filha de Tatá Werneck?

Obrigado! Seu voto foi enviado.