X

NOTÍCIAS

Publicada em 24/07/2020 às 09:58 | Atualizada em 24/07/2020 às 10:01

Príncipe Harry e Meghan Markle abrem processo por invasão de privacidade após descobrirem fotos ilegais de Archie Harrison

O casal alega que as imagens foram clicadas dentro da residência particular por meio de drones e helicópteros

Da Redação

The Grosby Group

Parece que nem mesmo o afastamento da família real e a mudança de país deixou príncipe Harry e Meghan Markle a salvo dos paparazzi. De acordo com o The Hollywood Reporter, o casal está abrindo um processo por invasão de privacidade depois de descobrirem que fotos ilegais do filho, Archie Harrison, no quintal de casa, haviam sido clicadas usando drones e helicópteros, e comercializadas na mídia internacional.

O veículo teve acesso ao documento do processo entregue no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, nos Estados Unidos, pelo advogado do casal, Michael Kump. No documento, o representante afirma que a ação está sendo movida por conta de invasões em série na privacidade de uma criança de 14 meses de idade em sua própria casa, e pelo desejo e responsabilidade de qualquer pai ou mãe de fazer o que for necessário para proteger seus filhos deste material fabricado com o único objetivo de alimentar a imprensa.

O documento relata ainda que, após se afastarem das atividades da família real, o casal havia se mudado para uma pequena cidade do Canadá, sem revelar publicamente seu endereço exato. O veículo britânico Daily Mail, no entanto, teria divulgado essa informação aos fotógrafos e jornalistas, que passaram a espreitar a casa dos ex-membros seniores da realeza. Com isso, Harry e Meghan se mudaram novamente, desta vez para Los Angeles, mas o Daily Mail teria novamente divulgado a localização precisa do casal, de modo que os paparazzi tornaram a cercar a residência dos dois, desta vez usando drones e helicópteros.

Michael Kump ainda afirma que não apenas Harry e Meghan, mas toda a comunidade foi afetada pelas ações dos fotógrafos:

Alguns paparazzi e meios de comunicação enviaram drones apenas seis metros acima da casa, até três vezes por dia, para obter fotografias do casal e do filho mais novo em sua residência particular. Outros voaram de helicóptero acima do quintal da residência, às cinco e meia da manhã e às sete horas da noite, acordando vizinhos e seu filho dia após dia. E outros ainda fizeram buracos na cerca de segurança para espiar por ela.

O advogado afirma que o casal havia decidido ignorar essas ações até que descobriram que fotos de Archie brincando no quintal de casa estavam sendo comercializadas. Uma vez que o garoto de pouco mais de um ano de idade não deixou a residência em nenhum momento, as fotos tornam-se ilegais já que foram tiradas dentro de sua própria casa. 

Kump ainda ressalta que, ao contrário das imagens de Harry e Meghan ligadas a seus serviços, as fotos de Archie não são de interesse público:

Os Autores [do processo] fizeram todo o possível para ficar fora dos holofotes, exceto em conexão com seu trabalho, que eles admitem livremente que é de interesse público. Mas as fotos em questão não são. Elas são assédio. O único motivo para tirar e/ou vender essas fotos invasivas é lucrar com uma criança. Cada indivíduo na Califórnia tem garantido por lei o direito à privacidade em sua casa. Nenhum drone, helicóptero ou teleobjetiva pode tirar isso da maneira certa. O Duque e a Duquesa de Sussex estão entrando com essa ação para proteger o direito de privacidade do filho pequeno em sua casa, sem a intrusão de fotógrafos, e para descobrir e impedir aqueles que buscam lucrar com essas ações ilegais.

Que situação complicada, não é mesmo? A seguir, confira outras polêmicas envolvendo a família real!


O relacionamento conturbado entre Lady Di e Príncipe Charles nunca foi segredo para ninguém. A biografia Diana: Sua Verdadeira História - em Suas Próprias Palavras revelou que Diana enfrentou bulimia após ser chamada de gorda pelo marido. De acordo com a People, um novo livro sobre a princesa revela detalhes desastrosos do casamento deles. Nas páginas, conta-se que, durante a lua de mel do casal, Charles passou horas e horas pintando um quadro, até que um dia Diana destruiu todo o equipamento. Em outra ocasião, ela notou que o marido usava abotoaduras com a escrita Cs, o que significava Charles e Camilla - amante do príncipe. Além disso, ele carregava uma foto da amante - que já havia sido sua namorada - no diário e, claro, certa vez Diana descobriu! É difícil de acreditar que alguém tão inteligente e estudado quanto o Príncipe de Gales pudesse ser tão idiota, analisa Penny Junor.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você está achando da participação de Biel em A Fazenda 12?

Obrigado! Seu voto foi enviado.