X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/08/2020 às 08:03 | Atualizada em 20/08/2020 às 08:07

Ex-marido de Britney Spears a apoia em protesto - mas ela segue sob tutela do pai após audiência

Britney e Jason Alexander se casaram em 2004, mas a relação durou apenas 55 horas

Da Redação

Divulgação

A tutela de Britney Spears se mantém com seu pai mesmo após a cantora encaminhar um pedido à Justiça. Na última quarta-feira, dia 19, foi realizada uma nova audiência que, segundo o site TMZ, apenas reafirmou que Jamie Spears segue como tutor da filha.

A publicação afirma que a audiência era apenas uma conferência de status, declarando que, até o momento, nada mudou a respeito da tutela. Britney, que vem lutando na justiça, teria enviado novos documentos no processo e solicitado que Jodi Montgomery, que assumiu sua tutela temporária, continue como tutora, em vez do pai.

Segundo o site, os documentos precisam ser arquivados antes de serem levados a um juiz, mas isso não aconteceu. Fontes afirmaram à publicação que o problema de Britney, neste caso, é que houve uma declaração de que ela não é capaz de tomar decisões importantes na vida por causa de sua saúde mental, e pessoas ligadas a ela dizem que a cantora não está emocionalmente equilibrada há mais de um ano.

Free Britney

Assim que a notícia sobre a tutela se Britney foi divulgada, a hashtag Free Britney tomou conta dos trending topics do Twitter. Além disso, vale dizer que uma série de manifestações estão sendo feitas por fãs e amigos da cantora. No mesmo dia da audiência, por exemplo, o ex-marido, Jason Alexander, esteve presente em um protesto que aconteceu em Los Angeles.

Para quem não sabe, antes de se relacionar com Kevin Federline, Britney se casou com Jason em 2004. Os dois, que são amigos de infância, fizeram uma cerimônia em Las Vegas, mas a relação durou apenas 55 horas. 

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por E l i z a b e t h 🌹 (@lizdinon_) em

A presença de Jason surpreendeu os presentes e, em entrevista ao site Us Weekly, ele declarou:

- Estou aqui para mostrar apoio ao movimento #FreeBritney e à Britney, disse Jason, revelando que na última terça-feira, dia 18, havia falado com a cantora antes da audiência.

Segundo ele, a tutela de Britney também o afetou.

- Esta é uma situação infeliz que está em sua vida há muito tempo. Isso afetou a mim e a ela, e me faz parte do que está acontecendo. Fiquei quieto por dez anos e me sinto em um bom momento para avançar agora com o movimento, fazendo barulho, enquanto as audiências de tutela estão acontecendo. Eu quero ver Britney obter o que ela merece e, pelas conversas pessoais, ela obviamente  não quer estar sob a tutela e isso está afetando sua vida até hoje de uma forma negativa. É hora de acabar. 

Em contato com o site, Jason ainda foi questionado se gostaria de voltar a se relacionar com a cantora.

- Oh, sim, definitivamente. Se eles nos dessem uma chance honesta, sabe? E ela realmente queria isso. Eu daria uma chance. Eu tenho amor por ela, definitivamente. Mas, você sabe, eu tive que seguir em frente, então é mais ou menos como uma daquelas coisas. Não vai ser o fim do mundo se não acontecer, mas sinto que estou mostrando meu apoio.

E continuou, dizendo:

Eu adoraria estar de volta na vida dela de uma forma ou de outra, mas essa tutela está impedindo que isso aconteça. Nunca nos deram uma chance na primeira vez. Se ainda houver sentimento, talvez vejamos para onde eles vão.

Jason ainda reforçou que sua participação no protesto ocorreu para mostrar a Britney que ela pode contar com ele.

[Eu queria] que alguém conectado a ela estivesse aqui porque ninguém mais está fazendo isso. Você sabe, onde está Sam? Eu não vejo ninguém. Eu sinto que [alguém] deveria se levantar por ela fazendo isso, diz ele, mencionando o atual namorado da cantora.

Britney namora com Sam Asghari desde 2016. Questionado sobre o relacionamento da cantora, Jason declarou:

- Eu não o conheço. Parece que ele está em boa forma, mas eu também estou em boa forma. Ele é muito mais jovem do que eu. Ele teve uma grande oportunidade de se envolver com Britney e ela tem algum tipo de sentimento por ele, eu acho, finalizou.

A seguir, entenda a polêmica da tutela e saiba o que rolou após Britney Spears ter sido internada em clínica psiquiátrica!


E apareceu mais um personagem na história no começo de maio de 2019. Segundo o site TMZ, a cantora conseguiu uma ordem de restrição contra seu ex-empresário, Sam Lufti, não apenas para si mesma, mas também para seus familiares e amigos. Nos documentos do processo, os advogados de Britney revelaram que Lufti tem mandado mensagens para a mãe da cantora, Lynne Spears, e feito comentários depreciativos e ameaçadores contra ela nas redes sociais. Ele estaria disseminando mentiras como a de que Britney foi internada contra sua vontade. A mesma publicação afirmou que o empresário foi um dos causadores do surto de 2007 de Britney, quando ela raspou a cabeça e atacou um carro com um guarda-chuva.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou do nome da filha de Gigi Hadid e Zayn Malik?

Obrigado! Seu voto foi enviado.