X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/06/2017 às 16:10 | Atualizada em 07/06/2017 às 23:21

Thiago Martins fingia ser rico na escola para ser respeitado

O ator abriu o coração ao lembrar de sua infância no Encontro Com Fátima Bernardes

Da Redação

Divulgação

Nesta terça-feira, dia 6, estreia Pega Pega, a nova novela das sete da Globo. Substituindo Rock Story, a trama irá contar a história de um roubo milionário de um hotel, no Rio de Janeiro, além de apresentar muito romance, confusão e momentos engraçados! Protagonizada por Camila Queiroz e Mateus Solano, o elenco ainda conta com o quarteto de ladrões, Nanda Costa, João Baldasserini, Marcelo Serrado e Thiago Martins.

Os quatro atores, aliás, marcaram presença no Encontro com Fátima Bernardes para falar sobre a novela e aproveitando o tema toparam brincar no jogo da verdade. A brincadeira consistia em basicamente responder perguntas sobre eventuais mentiras que eles já tivessem contado. 

Em determinado momento, Fátima perguntou a Thiago, que viverá o garçom Júlio na produção:

- Em que momento a mentira é aceitável?

A resposta do astro foi tocante, já que ele falou sobre sua infância:

- Eu lembro de uma mentira que eu contava sempre no colégio. Eu estudava em colégio público e existe os classes média. E a gente que era pobre. Então eu falava que era rico na escola municipal. Eu falava que ia chegar em casa e brincar no meu computador e eu não tinha computador. Mas era justamente para as pessoas me respeitarem no colégio. 

O namorado de Paloma Bernardi ainda continuou:

- Eu e Micael, que é um grande amigo meu, a gente mentia em relação a isso. E eu achava uma mentira super bem-vinda, porque as pessoas não queriam brincar muito com a gente, porque a gente era filho de empregada e etc. E depois que eu falei que era rico todo mundo queria brincar comigo. E foi legal.

Lembrando que Thiago começou a carreira de ator de maneira um pouco diferente: com a ajuda de um projeto social do morro onde ele morava, quando criança. Relembre histórias parecidas logo abaixo!


Antes de ficar mundialmente conhecida como Marilyn Monroe, a atriz era morena e respondia por Norma Jean. Ela trabalhava em uma empresa armamentista na época da Segunda Guerra Mundial, em 1944, e foi fotografada pela revista Yank. O fotógrafo responsável pelas imagens indicou Norma para outro profissional, Bill Carroll, que estava procurando uma modelo para clicar. A atriz, então, ganhou 20 dólares, algo em torno de 63 reais. Foi seu primeiro emprego como modelo!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Nenhuma Enquete encontrada