X

NOTÍCIAS

Publicada em 28/03/2024 às 00:00 | Atualizada em 27/03/2024 às 12:14

Regina Casé abre o coração ao voltar a viver personagem em Dona Lurdes - O Filme: - O sonho de todos os atores

A atriz revelou que o longa vai experimentar outros tipos de amores que não apareceram na novela

Larissa Isabella

Divulgação-TV Globo

Depois de algum tempo sem viver Dona Lurdes, personagem que conquistou o público ao surgir na novela global Amor de Mãe, Regina Casé volta a dar vida a ela em filme. Com estreia nesta quinta-feira, dia 28, o longa que dá mais tempo de tela à mãe de Domênico, foi uma boa surpresa para a atriz.

Segundo Casé, ela sente vontade de voltar a encontrar algumas de suas personagens mais marcantes. Durante a coletiva de Dona Lurdes - O Filme, em que o ESTRELANDO esteve presente, a atriz comemorou a oportunidade:

- A gente fica muito apegado, em uma novela principalmente. Às vezes você convive um ano, nesse caso foram dois quase. Convive diariamente, você fica mais tempo sendo aquela pessoa do que na sua casa, então é claro que você morre de saudades [das personagens]. Reencontrar a Lurdes foi uma maravilha, uma coisa que eu acho que é o sonho de todos os atores, principalmente quando o público também quer. 

No longa-metragem, a história de Lurdes ganha mais foco e a tira do lugar de mãe que sempre coloca os filhos em primeiro lugar, como na novela da TV Globo:

- Eu acho que no filme aparecem três tipos de amores que não apareciam na novela para a Dona Lurdes. O amor próprio, ela estava tão ocupada de salvar a vida de todos os filhos; a vida dela era realmente em função dos filhos. Outra coisa que ela não teve e fez falta em Amor de Mãe foi uma amiga de verdade, ela acreditou muito na amizade da Telma, e vamos combinar que a Telma não foi muito legal com ela. 

Voltando a trabalhar com Evandro Mesquista, Regina continuou sua fala e revelou pontos que foram colocados no filme e que mesmo para pessoas que já passaram dos 60 anos de idade o romantismo ainda está vivo. 

- E com o Evandro teve uma coisa muito legal, teve o amor romântico, ao mesmo que eles se agarravam, tinham tesão, que é uma batalha contra o etarismo de achar que uma mulher na idade da Lurdes não pode ter tesão, não pode t***r, não pode namorar. Além desse lado teve o romantismo. 

Dona Lurdes - O Filme estreia nesta quinta-feira, dia 28 e já é cotado para entrar no streaming Globoplay, para aqueles que preferem assistir os longas em casa. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Davi merece ganhar o BBB24?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Regina Casé abre o coração ao voltar a viver personagem em <I>Dona Lurdes - O Filme: - O sonho de todos os atores</I>

Regina Casé abre o coração ao voltar a viver personagem em Dona Lurdes - O Filme: - O sonho de todos os atores

15/Abr/

Depois de algum tempo sem viver Dona Lurdes, personagem que conquistou o público ao surgir na novela global Amor de Mãe, Regina Casé volta a dar vida a ela em filme. Com estreia nesta quinta-feira, dia 28, o longa que dá mais tempo de tela à mãe de Domênico, foi uma boa surpresa para a atriz.

Segundo Casé, ela sente vontade de voltar a encontrar algumas de suas personagens mais marcantes. Durante a coletiva de Dona Lurdes - O Filme, em que o ESTRELANDO esteve presente, a atriz comemorou a oportunidade:

- A gente fica muito apegado, em uma novela principalmente. Às vezes você convive um ano, nesse caso foram dois quase. Convive diariamente, você fica mais tempo sendo aquela pessoa do que na sua casa, então é claro que você morre de saudades [das personagens]. Reencontrar a Lurdes foi uma maravilha, uma coisa que eu acho que é o sonho de todos os atores, principalmente quando o público também quer. 

No longa-metragem, a história de Lurdes ganha mais foco e a tira do lugar de mãe que sempre coloca os filhos em primeiro lugar, como na novela da TV Globo:

- Eu acho que no filme aparecem três tipos de amores que não apareciam na novela para a Dona Lurdes. O amor próprio, ela estava tão ocupada de salvar a vida de todos os filhos; a vida dela era realmente em função dos filhos. Outra coisa que ela não teve e fez falta em Amor de Mãe foi uma amiga de verdade, ela acreditou muito na amizade da Telma, e vamos combinar que a Telma não foi muito legal com ela. 

Voltando a trabalhar com Evandro Mesquista, Regina continuou sua fala e revelou pontos que foram colocados no filme e que mesmo para pessoas que já passaram dos 60 anos de idade o romantismo ainda está vivo. 

- E com o Evandro teve uma coisa muito legal, teve o amor romântico, ao mesmo que eles se agarravam, tinham tesão, que é uma batalha contra o etarismo de achar que uma mulher na idade da Lurdes não pode ter tesão, não pode t***r, não pode namorar. Além desse lado teve o romantismo. 

Dona Lurdes - O Filme estreia nesta quinta-feira, dia 28 e já é cotado para entrar no streaming Globoplay, para aqueles que preferem assistir os longas em casa.