X

FOTOS

Publicada em 18/06/2021 às 18:30 | Atualizada em 18/06/2021 às 18:38

Carol Castro fala sobre cenas quentes com ator mirim no filme Veneza: - O pai dele estava presente

O longa estreou no cinema na última quinta-feira, dia 17

Da Redação

X
X

Carol Castro viveu uma prostituta no filme Veneza, obra de Miguel Falabella que estreou na última quinta-feira, dia 17, nos cinemas. A oportunidade apareceu apenas cinco meses depois da atriz dar à luz sua primeira filha, Nina, que hoje tem cerca de quatro anos de idade. Em entrevista sincera para a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, ela conta como foi a experiência. 

- É um processo se ver de novo como uma mulher, não só como uma mãe. Eu estava naquela vida de amamentação e noites mal dormidas. A relação com um filho é muito forte, carnal. É como uma extensão sua. Eu me enxergava sempre em conjunto com ela. De repente, apareceu essa personagem que é um furacão em forma de mulher, com sex appeal absurdo. Ela me dá certa forma, porque tende a encontrar isso [ essa sensualidade] na marra em pouco tempo. Tinha só um mês para me preparar. 

As gravações ocorreram no Uruguai e, por isso, exigiram uma grande operação:

-  Precisei de preparação física e psicologicamente para sair do país com um bebê de colo, amamentando e começando sua introdução alimentar. Estava preocupada com a saúde dela, minha vaidade nunca veio antes. Consultei uma nutricionista para fazer uma dieta em que não perdesse os nutrientes do leite. Também tive ajuda profissional para os exercícios aeróbicos, para não secar o leite. Levei uma panela elétrica para cozinhar no hotel. Nesta fase, uma criança precisa de comida sem tempero, e você precisa saber a procedência do alimento. O quarto cheirava a brócolis. Foi uma jornada. Precisei de coragem para enfrentar o medo e o receio para fazer dar certo. Acabei sendo premiada no Festival de Gramado. Foi a coroação de uma série de esforços.

Um dos desafios dessa nova experiência profissional foi gravar cenas quentes com o então ator mirim Caio Manhente, que havia participado da série infantil Detetives do Prédio Azul, no Gloob.

- Quando o Miguel me ligou, eu perguntei: Você tá sabendo que eu acabei de ter filho, né? Ele disse: Eu sei, mas você é nova, bonita. Em um mês, recupera tudo. Então, como disse, a vaidade nunca veio antes da minha filha, mas tive que fazer muitos exercícios e segui fazendo no quarto do hotel. No set, o Miguel ensaiava as cenas antes, foi como uma coreografia . O Caio na época tinha 17 anos. O pai estava presente, assistindo. Então, ainda tinha esse desconforto a mais. Eu tentava quebrar o gelo, fazer umas piadas. Caio é um ótimo profissional, nem parece ter a idade que tem. Além esses fatores que me deixavam desconfortável - ter tido filha há pouco tempo e o pai dele presente - havia outros que me davam respaldo e me deixavam segura: o bom gosto do Miguel e a marcação de cena. Aconteceu de forma natural e bonita. A história dos personagens é muito forte.

A seguir, confira os melhores momentos de Carol Castro e Bruno Cabrerizo juntos!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal é o mais queridinho da atualidade?

Obrigado! Seu voto foi enviado.