X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/05/2016 às 07:00 | Atualizada em 25/05/2016 às 15:27

Sérgio Guizé desconversa sobre casamento com Nathalia Dill: - Acho que o que vale é o agora

Em entrevista, o ator ainda opinou sobre a cena mais emocionante de Êta Mundo Bom! até agora

Luiza Aloi e Gabriella Baliego

AgNews

Apesar do frio da noite na terça-feira, dia 24, o cinema do Shopping Iguatemi, de São Paulo, estava lotado com convidados que aguardavam as salas se abrirem para a pré-estreia de Uma Loucura de Mulher, filme estrelado por Mariana Ximenes, Sérgio Guizé e Bruno Garcia. Além das selfies com os fãs e do bate-papo com os convidados, Sergio também se dedicou a falar com exclusividade ao ESTRELANDO, falando sobre o filme, sobre a namorada Nathalia Dill e, claro, sobre Êta Mundo Bom!.

No longa, que estreia nos cinemas brasileiros no dia 2 de junho, o astro vive Raposo, o primeiro grande amor de Lúcia, vivida por Ximenes. Já sobre seu personagem, ele contou animadamente tudo que precisamos saber, sempre mantendo um contato visual forte e explicando cada nuance de sua resposta com uma voz pausada e bem macia de se escutar: 

- O Raposo foi o primeiro amor da Lúcia, personagem da Mariana (Ximenes) e eles vivem um momento parecido. Ela quer se reencontrar com ela mesma, depois de ficar 15 anos como bela, recatada e do lar, mulher de deputado, e ele de viver a vida dele, de ser bem-sucedido e tal. E eu acho que esse reencontro serve pra cada um olhar pra dentro de novo, ter aquele encontro com o primeiro amor, que até um café vira uma grande coisa, sabe. Tem um significado. E eu acho que a importância dele na trama é essa, de reencontro, de olhar pra dentro e ver o que vale a pena e o que não vale a pena nesse momento da vida.

Apesar de não ver diferença entre um trabalho mais dramático ou um que seja mais voltado para a comédia, já que ele gosta de fazer os dois, Sérgio revela que o importante é se o personagem o encanta, algo que acontece com Candinho, o seu protagonista da novela das seis, Êta Mundo Bom!, que também toca o coração de inúmeros espectadores. É isso, afinal, que o ator mais preza: 

- Não importa se é protagonista, se é caipira, acho que o que importa é o personagem mesmo. Estou encantado com a mensagem do Voltaire, que é a original, que Tudo o que acontece de ruim na vida é para melhorar (do conto Cândido, ou O Otimismoe eu acho que isso toca as pessoas, toca todas as gerações, toca a minha família também. Eu acho que o importante é o personagem, o veículo e não se é protagonista ou não. E o legal é que tem uma trajetória, um começo um meio e um fim e a gente pode se dedicar mais, enfim. Tocar mais as pessoas, revelou.

E já que estamos falando sobre o carismático Candinho, o ator não pode deixar de nos contar sobre a cena emocionante do reencontro do personagem com sua mãe, vivida por Eliane Giardini, que ele considera como a mais impactante da novela até agora:

- Foi um momento difícil, porque sabíamos que ia ser difícil. Foi muito emocionante e eu tive um porto-seguro por trás que é meu diretor (o Jorge Fernando), a cena que era muito bem escrita, a Eliane (Giardini, a Anastácia) que é uma atriz fantástica, o Marco Nanini (o Professor Pancrácio)... eu acho que tudo preparou pra essa cena incrível, que foi, pelo menos eu fazendo, eu não sei direito a repercussão porque a gente se joga tanto num personagem, é tão difícil fazer, mas acho que pra mim foi a cena mais emocionante.

Aliás, o ator também foi só elogios para o autor da trama, Walcyr Carrasco:

- Ele tá sendo fantástico, muito generoso, cada dia é uma surpresa diferente. Ele é um cara apaixonado pelo que faz assim como a gente. É apaixonado pela arte dele.  

Porém, quando o assunto foi o coração, Sérgio falou menos e desconversou bem mais.  O ator namora Nathalia Dill há um tempo, mas não quis revelar se há planos que envolvam um casamento em um futuro breve: 

- (Está tudo) muito bem. O presente é o presente, acho que o que vale é o agora, se limitou a dizer, bem acanhado.   

Se por um lado ainda não escutamos sinos da Igreja tocando para o casal, podemos ouvir a risada característica de Candinho dominando o horário das seis na Globo enquanto seu intérprete, o Sergio Guizé, ganha as telonas dos cinemas de todo o Brasil mostrando todo o seu charme e talento, que não são poucos!  

Logo abaixo, não deixe de ver o trailer de Uma Loucura de Mulher, uma cativante comédia romântica: 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

De qual lado da polêmica envolvenco Amaury Nunes e Karina Bacchi você está?

Obrigado! Seu voto foi enviado.