X

NOTÍCIAS

Publicada em 07/06/2016 às 00:05 | Atualizada em 07/06/2016 às 09:54

José Loreto revela que mordeu uma pessoa ao se preparar para viver José Aldo, no filme Mais Forte que o Mundo - A História de José Aldo, confira!

O ator assumiu várias responsabilidades para o longa e não deixa de mencionar Adônis, seu papel em Haja Coração

Gabriella Baliego

AgNews

Estrela do filme Mais Forte que o Mundo - A História de José Aldo o ator José Loreto esbanjava simpatia durante a pré-estreia do longa, na segunda-feira, dia 6. Última pessoa do elenco a falar com a imprensa, o ator ainda retinha o brilho pós-nupcial nos olhos e ficava sempre à procura de sua esposa pela multidão, a deslumbrante Débora Nascimento.

Mostrando, orgulhosamente, a aliança de casamento, o tempo de José no tapete vermelho do evento foi pouco, mas em poucas palavras ele conseguiu transmitir toda sua admiração pela história de José Aldo, um dos grandes lutadores brasileiro de MMA. 

Cada um sabe os seus limites e a história do José Aldo me ensinou muito. Lutar contra você mesmo e de todas as limitações que a vida impõe. Esse cara foi para o Rio de Janeiro com dois reais no bolso para faxinar a academia e se tornar o melhor do mundo. Ele merece um filme brilhante. 

Mas quando se trata do próprio treino, o ator desconversa e revela, quase envergonhado, que tinha um pouco de preconceito em relação a esse tipo de luta: 

- Desde que terminou a filmagem eu não botei a luva na mão. Eu estava treinando quatro horas por dia. Foi muito intenso. Eu vou voltar a treinar porque adorei, pelo menos um muay thai. Eu sou faixa preta de judô, então eu sempre tive as artes marciais na minha vida desde moleque. Eu tinha um preconceito antes com o MMA, mas vi que é como uma bailarina que machuca o pé e está fazendo coisas lindas. Os jogadores estão lá e quebrar o nariz faz parte.  

No meio do mar sedento de jornalistas e repórteres, ávidos para saber mais sobre o personagem e a preparação para o filme, José revela que o timing foi tudo e que não conseguiria ter feito o personagem tão bem se a proposta tivesse sido antes ou até depois:  

Missão cumprida. Esse filme foi um dos trabalhos que eu mais me dediquei na minha vida. Se esse papel tivesse chegado quatro anos atrás ou depois não daria tão certo quanto agora. Acho que eu estava superpreparado e me dediquei ao máximo. Eu ainda preciso ver o resultado, mas acredito que cada pessoa que trabalhou no filme quis fazer o melhor filme da vida. 

Já, bem tímido, ainda tentando se manter sério, José Loreto responde se aquele corpo bem em forma que a gente vê no filme é dele mesmo: 

- Sim. Fiquei um ano sem comer pão, sem comer massa, malhei várias horas por dia. 

Aliás, mesmo sem falar quase nada de Adônis, seu novo personagem na novela Haja Coração, o ator parece que guardou o melhor para o final e fez uma revelação pra lá de fantástica no encerramento da entrevista: ao seu preparar para o filme ele mordeu uma pessoa! 

- A minha maior dificuldade para o filme foi psicológica. Física eu me joguei, treinei, parei de comer pão e massa por um ano, assim descobri de onde vem minha fúria, meu demônio, a Fátima Toledo (instrutora dos atores) arrancou isso de mim. Foi um mês de preparação e ela viu eu morder uma pessoa, instintivamente, de raiva, e eu acho que usei bem isso para o filme. 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A gente sabe que as três arrasam! Mas entre Xuxa, Angélica e Eliana, qual a sua favorita?

Obrigado! Seu voto foi enviado.