X

NOTÍCIAS

Publicada em 01/07/2016 às 09:52 | Atualizada em 01/07/2016 às 14:06

Luiza Brunet revela que sofreu agressões do ex-namorado

A atriz e modelo contou o episódio após terminar o relacionamento com Lírio Albino Parisotto

Da Redação

AgNews

Após anunciar o fim de seu relacionamento de cinco anos com o empresário Lírio Albino Parisotto, Luiza Brunet veio à público falar sobre o episódio de agressão sofrido por ela em maio deste ano. Em entrevista ao colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, a atriz e modelo revelou que foi sofreu uma série de ataques do empresário no apartamento dele, no Plaza Residence, em Nova York. No dia seguinte, escondida, ela pegou um voo direto para o Brasil. A queixa foi representada no Ministério Público de São Paulo.

Segundo o MP, aliás, a denúncia foi feita no dia 23 de junho e, logo depois, o Promotor de Justiça Carlos Bruno Gaya da Costa pediu um exame de corpo de delito e já instaurou um procedimento investigatório criminal, que está protegido por sigilo. Na semana seguinte, na terça-feira, dia 26, medidas protetivas foram decretadas e Parisotto fica proibido de se aproximar ou tentar qualquer tipo de contato com Luiza.

Segundo Luiza, a agressão começou quando o casal jantava em um restaurante na cidade acompanhado de amigos. Ao ser perguntado se o casal iria a uma exposição de fotos, Lírio se exaltou. Disse que não iria porque da última vez ele foi confundido com o ex-marido de Luiza, Armando, pai de Yasmin Brunet. A partir daí, o empresário teria se descontrolado. Luiza, educadamente, mandou mensagem pelo celular às outras pessoas que estavam sentadas à mesa.

- Fui para Nova York acompanhá-lo para o evento Homem do Ano. Saímos do restaurante e pegamos um Uber. Ao chegar ao apartamento, ele me deixou dentro do carro e subiu, começou a contar a atriz sobre o episódioLírio já estava de roupão e, segundo Luiza, partiu para cima dela, ofendendo-a verbalmente. Logo depois, deu um soco em seu olho, além de chutes, acabou a derrubando do sofá e a imobilizou violentamente até quebrar quatro costelas dela. 

Luiza Brunet só teria conseguido sair da situação depois que ameaçou gritar para chamar o concierge do hotel. Ela ainda se trancou no  quarto e só saiu de lá no dia seguinte, após ter certeza de que ele não estava no apartamento, e voltou ao Brasil:  

- Eu sempre tive uma família estruturada e sempre fui discreta em minha vida pessoal. É doloroso aos 54 anos ter que me expor dessa maneira. Mas eu criei coragem, perdi o medo e a vergonha por causa da situação que nós, mulheres, vivemos no Brasil. É um desrespeito em relação à gente. O que mais nos inibe é a vergonha. Há mulheres com necessidade de ficar ao lado do agressor por questões econômicas, porque está acostumada ou mesmo por achar que a relação vai melhorar

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Khloé Kardashian exagera nas edições de suas fotos?

Obrigado! Seu voto foi enviado.