X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/03/2017 às 16:45 | Atualizada em 17/03/2017 às 17:39

De volta à Globo, Raul Gazolla fala sobre carreira e relembra Daniella Perez: Peço sempre que ela esteja muito bem onde está

O ator estará em A Força do Querer, próxima novela de Glória Perez

Da Redação

Divulgação

Raul Gazolla está de volta para a Globo depois de 12 anos longe da emissora. Ele estará em A Força do Querer, novela que substituirá A Lei do Amor, e interpretará o treinador de MMA Allan. Em entrevista para o jornal Extra e perguntado sobre continuar sendo galã depois de tantos anos, o ator negou o rótulo e brincou:

- Eu tenho 61 anos. Se eu me considerasse um galã, seria um idiota. Tento manter a forma física, mas as marcas do tempo fazem parte da vida. As pessoas não sabem quanto tempo eu levei para deixar o cabelo branco assim: levei 61 anos (risos). E não penso em fazer plástica. Não vou tirar o que a vida me deu.

A Força do Querer será a terceira novela dele com a autora Glória Perez, depois de O Clone e América. Para quem não sabe, Raul Gazolla já foi genro da autora: ele se casou com Daniella Perez em 1990. Sobre voltar para as tramas dela, ele revelou que separa bem a relação pessoal da profissional:

- É um prazer enorme. Nós temos uma relação pessoal muito legal, que não tem nada a ver com a profissional. Então, quando ela me convida para fazer um trabalho, é uma gratificação.

O ator ainda era casado com Daniella quando ela foi brutalmente assassinada pelo colega Guilherme de Pádua, em 1992. E mesmo depois de 25 anos, Raul confessou que a perda ainda mexe com ele:

- Parece que foi ontem. Perder uma pessoa por assassinato é diferente. Quando perdemos alguém para uma violência pessoal, para o desequilíbrio emocional de pessoas que não precisavam estar nesse planeta, a recuperação é mais complicada. Eu não penso na presença da Dani espiritualmente. O que eu peço sempre é que ela esteja muito bem onde ela está. 

E aproveitou para reclamar da impunidade no país:

A dor maior é saber que o Brasil não pune seus criminosos como devia. Pessoas que cometem crimes estão soltas por aí. Olha o goleiro Bruno, que foi contratado por um time de futebol! Um criminoso não é ex-criminoso. A vítima dele não retorna. Pelo amor de Deus, as pessoas têm que ter um pouco de discernimento! O goleiro Bruno e os outros assassinos vão ser assassinos para sempre. Guilherme de Pádua quer ser chamado de ator? Ele já foi ator e não conseguiu continuar porque se especializou em crimes. É um assassino. Ponto final.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual notícia mais te chocou esta semana?

Obrigado! Seu voto foi enviado.