X

NOTÍCIAS

Publicada em 04/06/2018 às 18:50 | Atualizada em 02/07/2018 às 14:01

Justiça exclui Antonia Fontenelle da herança de Marcos Paulo, segundo revista

Mais um capítulo da batalha judicial

Da Redação

Divulgação

Parece que Antonia Fontenelle está um pouco mais longe da herança de Marcos Paulo, com quem se relacionou por seis anos, até a morte do ator e diretor, em 2012.

Segundo a revista Veja, a ministra do Superior Tribunal de Justiça Maria Isabel Galotti negou o agravo em que Antonia pedia reconhecimento como herdeira.

O documento apresentado por Antonia, uma carta em que Marcos manifesta o desejo de que 60% do saldo de suas contas bancárias e investimentos ficassem com Fontenelle, segundo a ministra, não tem validade legal, por não ter sido registrado em cartório com três testemunhas.

A herança, estimada em 50 milhões de reais, é disputada por Antonia e pelas três filhas de Marcos: Wanessa, filha de Tina Serina, Mariana, de Renata Sorrah e Giulia, filha também de Flávia Alessandra.

No final de maio, notícias davam conta de que Fontenelle iria sim entrar na partilha. 

Relembre, abaixo, as polêmicas que vieram depois da morte de Marcos Paulo:


Ainda em fevereiro de 2018, Antônia fez um desabafo nas redes sociais, mostrando o estado da casa de Marcos Paulo em Búzios, escrevendo: RETRATOS DO ABANDONO: Essas imagens comprovam o abandono, o descaso, a lentidão da justiça, o desamor... Trata se da casa de Buzios, um dos cantinhos prediletos do Marcos Paulo, os vizinhos me relataram que os usuários de drogas invadiram a casa, por um bom tempo faziam moradia, se vocês repararem bem, colocaram umas tabuas safadas pra tapar os buracos por onde eles passavam, pelas frestas da pra ver latas de cervejas jogadas pelo chão, vidros quebrados... Resumindo, o imbróglio parado, os responsáveis não fazem manutenção do patrimônio e uma vida inteira de trabalho jogada no lixo, por intolerância e falta de respeito com um homem que durante toda a vida trabalhou e zelou pelos os seus. #CHEGADEDESCASO. No dia seguinte à postagem de Fontenelle, o advogado inventariante de Marcos Paulo, afirmou que o bem não faz mais parte do espólio do falecido diretor: O bem já foi vendido, através de autorização judicial, nos autos do inventário, e cabe ao proprietário do bem zelar pela manutenção do imóvel, revelou ele. Aguardamos cenas dos próximos capítulos...

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.