X

NOTÍCIAS

Publicada em 30/06/2018 às 13:52 | Atualizada em 30/06/2018 às 14:03

A Marvel incluirá em seu universo dois personagens LGBTQ em breve

O presidente do estúdio ainda comentou que um desses personagens já é conhecido

Da Redação

Divulgação

O presidente da Marvel, Kevin Feige, disse que o estúdio incluirá dois personagens LGBTQ em filmes futuros - e nós já conhecemos um deles! Segundo informações do site Entertainment Weekly, Feige participou de uma entrevista recentemente e respondeu "sim" à seguinte pergunta:

Quando teremos um personagem gay, bi, LGBTQ no MCU? Isso está sendo cogitado? 

Então, perguntaram se estes personagens serão novos no enredo ou se eles já estão nos filmes que foram lançados. O presidente respondeu o seguinte:

Ambos... um que você viu e outro que você não viu.

As respostas não foram lá muito claras, mas elas provavelmente serão consideradas um primeiro passo para um universo cinematográfico mais inclusivo, principalmente nesta temática de super-heróis. 

A atriz Tessa Thompson, que interpretou a Valquíria em Thor: Ragnarok, confirmou em suas redes sociais em outubro do ano passado que sua personagem é bissexual. Entretanto, não se sabe se Feige incluiu Valquíria ao dar sua declaração.


Ellen DeGeneres e Portia de Rossi fazem o maior sucesso nas redes sociais, afinal, com todo o carisma da apresentadora de talk show, as duas conseguem ser bastante irreverentes ao interagir com os seguidores. No entanto, quando Ellen revelou que era homossexual acabou enfrentando grandes barreiras por causa do preconceito. A revelação veio em abril de 1997, quando seu rosto estampou a capa da revista Time com os dizeres: Yes, i'm gay, em tradução livre, Sim, eu sou gay. Após a revelação, a loira deu entrevistas para Oprah e Diane Sawyer falando sobre sua sexualidade. Em 2016, Ellen confessou que viveu um período bastante difícil por causa da revelação e ficou quebrada financeiramente: - Eu tinha um monte de inseguranças. Eu não sabia se iria trabalhar novamente e eu ainda estava tentando descobrir a mim mesma - sem me vestir do jeito que eu quero, ou sem usar o cabelo do jeito que eu quero. Eu ganhei essa confiança de ser autêntica aos poucos, e o que eu aprendi é que as outras pessoas estavam se esforçando para serem autênticas também. Eu era o alvo de muitas piadas. Eu ria de algumas, mas eu percebi que havia outra pessoa do outro lado das piadas. É cruel. Eu nunca gostei da comédia má, mas isso acabou se tornando importante para mim depois que eu passei a ter esse peso.Se isto não foi um exemplo de que tudo fica melhor, eu não sei mais o que é. O tempo é uma coisa estranha. Eu era insignificante e não tinha mais dinheiro, sem nenhum trabalho à vista, mas com um passo de cada vez, tudo ficou melhor. Ficou ainda melhor do que o melhor.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Rafaella Santos está grávida de Gabigol?

Obrigado! Seu voto foi enviado.