X

NOTÍCIAS

Publicada em 09/08/2018 às 16:07 | Atualizada em 09/08/2018 às 20:27

Atriz musa dos anos 80 revela que Michael Douglas, Jack Nicholson e Warren Beatty apostaram quem a levaria para a cama primeiro

Kathleen Turner também fez declarações polêmicas sobre Elizabeth Taylor, Nicolas Cage e o elenco de Friends

Da Redação

Divulgação

Kathleen Turner deu uma entrevista cheia de polêmicas à revista Vulture. Se o nome não te diz muito, lembre-se da loira de filmes como Tudo Por Uma Esmeralda, Corpos Ardentes e A Guerra dos Roses - todos sucessos dos anos 80.

Perguntada sobre como ela se sentia sabendo que alguns atores de Hollywood decidiram arbitrariamente tirá-la do hall das protagonistas, ela disparou:

Tive que me adaptar a isso. Você tem que se lembrar que meu primeiro grande papel foi em Corpos Ardentes [1981, como uma mulher fatal] e que, depois disso, eu virei alvo sexual. Eu fiquei sabendo depois, de Michael Douglas, que havia uma competição entre ele, Jack Nicholson e Warren Beatty sobre quem me levaria para a cama primeiro. A propósito, nenhum deles conseguiu.

Ela continua:

Não gosto de ser um troféu. Quando eu e Jack estávamos filmando, ele disse, sabendo do interesse de Warren em mim: Por que você não liga para Warren e diz que eu não tenho um saca-rolhas? Você verá o quão rápido ele chega aqui. Havia uma ideia de que mulheres eram propriedades.

Em outro trecho da entrevista, Kathleen fala sobre sua participação de Friends, onde viveu uma mulher trans, pai de Chandler:

Vou ser honesta, não me senti bem-vinda pelo elenco. (...) Acho que não sou a única que pensa isso. Eles eram um grupo tão unido que ninguém de fora importava.

Ela também criticou a voz e atuação de Elizabeth Taylor em Quem tem Medo de Virginia Woolf, peça que ela também estrelou, no mesmo papel, de Martha, e afirmou que era difícil trabalhar com Nicolas Cage.

Confira, abaixo, mais declarações polêmicas dos famosos:


Marilyn Manson se revelou uma pessoa muito tímida, mas, mesmo assim, contou em entrevista para a revista Rolling Stone detalhes de sua vida íntima, como o hábito de não tirar a roupa durante o sexo: - Eu sou muito tímido, apesar do que você pode imaginar. Além disso, o cantor revelou ter um medo muito grande de que a casa pegue fogo enquanto ele esteja nu. Aliás, também na entrevista, o músico não foi tímido ao revelar a frequência com que transa com a sua namorada, cinco vezes por dia, no mínimo, com o seu recorde mais recente de dez vezes.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Nenhuma Enquete encontrada