X

NOTÍCIAS

Publicada em 28/09/2018 às 10:24 | Atualizada em 28/09/2018 às 17:14

Aos 18 anos de idade, atriz que viveu Ágatha em Avenida Brasil conta reação dos pais após revelar homossexualidade

Em entrevista ao jornal Extra, a atriz Ana Karolina Lannes falou pela primeira vez sobre o assunto

Da Redação

Divulgação

Ana Karolina Lannes, a intérprete de Ágatha na novela Avenida Brasil, concedeu uma entrevista ao jornal Extra e falou abertamente sobre ser homossexual. Com 18 anos de idade e trabalhando como DJ em uma boate em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, a ex-atriz mirim afirmou que o assunto é tratado com naturalidade, embora nunca tenha falado publicamente sobre o assuno. 

- Nunca escondi, mas também nunca falei com todas as letras. Até por conta dos meus pais, porque eu sei da exposição que isso causaria para eles. Mas eu acho que agora cada um está tendo a sua vida. Eu sou lésbica, e não é porque eu fui criada por pais gays. Esse julgamento é o meu maior medo, explicou ela. 

Filha de Fábio Lopes e do dermatologista, João Paulo Afonso, Ana Karolina afirmou que demorou para contar os pais sobre sua sexualidade:

- Contei um pouco antes de sair de casa. Eles tiveram uma reação um pouco controversa. O medo deles seria de eu passar por coisas ruins, como as que eles devem ter passado. Eles me apoiam, perguntam se eu estou namorando e respeitam as minhas escolhas. Já vi muitos comentários no Instagram dizendo que eu ia ser lésbica porque os pais são gays, mas se dependesse dos meus pais, eu ia ser o hétero mais hétero do mundo, eu ia gostar de homem, porque a vida inteira eu vi eles falando de homens bonitos e isso e aquilo. E outra: os meus pais queriam que eu fosse a princesinha. Então, não tinha sentindo nenhum eu ser sapatão.

Após ter ficado famosa por interpretar a filha rejeitada pela vilã Carminha, papel de Adriana Esteves, a atriz afirmou que aproveita da visibilidade para atuar em defesa da comunidade LGBTQ+:

- Hoje em dia, eu sou muito mais ativista. Aqui em Campo Grande, vou na Parada Gay, tenho um trabalho com a casa que abriga homossexuais despejados de casa. É uma causa muito linda. Eles fazem sarau, eu toco e canto. A casa em que eu toco (como DJ) é uma casa LGBT. E sempre que eu posso, eu divulgo as drags. 



Aos 68 anos de idade, Marcos Caruso deu a entender que era bissexual durante uma live no Instagram da drag queen Suzy Brasil. O ator, que normalmente é bem discreto em relação a sua vida pessoal, citou o parceiro ou a parceira ao revelar que não costuma fugir do tradicional na hora do sexo: - Sempre fui papai e mamãe. Eu brinco que essa coisa mais violenta, de fantasias sexuais, eu estou guardando para a próxima encarnação. Eu sou muito certinho, sabe? E é gostoso ser assim. Eu não tenho problema de não ser assim [fetichista]. Eu me satisfaço assim. Não tem essa coisa de me fantasiar, assistir alguma coisa, ou de imaginar um personagem, eu, o parceiro ou a parceira. O ator também revelou: - O que me dá tesão é o olhar. Não me interessa o corpo, não importa o corpo. É o olho. Bateu, bateu. Lembrando que o ator foi casado com Jussara Freire até 1994, e com ela teve dois filhos, Caetano e Mari. Depois da live, porém, o ator negou a informação ao jornal Extra.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que ainda existe algo entre Brad Pitt e Jennifer Aniston?

Obrigado! Seu voto foi enviado.