X

NOTÍCIAS

Publicada em 07/12/2018 às 08:20 | Atualizada em 07/12/2018 às 13:18

Kevin Hart não será mais apresentador do Oscar por causa de tweets homofóbicos, entenda!

Atores não gostaram nem um pouco do posicionamento do comediante e o criticaram nas redes sociais

Da Redação

Divulgação

Kevin Hart foi recentemente anunciado como o apresentador do Oscar 2019, e como já contamos no ESTRELANDO, logo após o anúncio ter sido feito, os internautas começaram a vasculhar as redes sociais do ator, e acabaram encontrando alguns tweets homofóbicos escritos por ele.  

As críticas por conta de suas publicações foram muitas, e por isso, ele decidiu gravar um vídeo se posicionando, no qual disse em um trecho:

- Eu tenho quase 40 anos de idade. Se vocês não acreditam que as pessoas crescem, mudam e evoluem, gente, não sei o que dizer a vocês. Estou em uma posição na qual tudo que eu tenho feito é muito positivo. Se você não está fazendo isso, você não está na mesma página.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Kevin Hart (@kevinhart4real) em

Mais tarde, ele publicou um novo vídeo dizendo que a Academia do Oscar havia solicitado que ele se desculpasse pelas publicações, senão teriam que colocar outro apresentador em seu lugar. Mas ele disse que não faria isso.

- Eu decidi não me desculpar. Eu já falei de quem eu sou agora versus quem eu era. Não vou continuar a voltar nos dias antigos quando eu já segui em frente e estou em um lugar completamente diferente na minha vida.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Kevin Hart (@kevinhart4real) em

A fala de Kevin não agradou nem um pouco o público, ainda mais por ele ter se recusado a pedir desculpas. A atriz Jamie Lee Curtis escreveu em seu Twitter:

Homofobia não é positividade.

O ator de American Horror Story, Billy Eichner, também comentou o assunto, indo além:

Wow. Simplesmente... Wow. Ele percebe que aceitou apresentar o OSCAR? Você quer publicar piadas sobre gays falando do seu próprio filho, acho que isso é uma escolha sua, mas ao menos, conheça sua audiência!!!

Falando mais sério, eu estive neste ramo por um minuto. Como um dos poucos homens assumidamente gays na comédia que tem a sorte de trabalhar o quanto eu trabalho, eu vou SEMPRE brigar por minha comunidade LGBTQ para conseguir o respeito que nós merecemos. SEMPRE.

Foi então anunciado que Kevin não seria mais apresentador do Oscar, e foi aí que o ator decidiu se desculpar no Twitter:

Tomei a decisão de não apresentar o Oscar... Isso porque não quero ser uma distração em uma noite que deveria ser celebrada por tantos artistas talentosos. Eu sinceramente peço desculpas para a comunidade LGBTQ por minhas palavras insensíveis do meu passado.

Me desculpem por ter machucado pessoas. Estou evoluindo e quero continuar nisso. Meu objetivo é reunir as pessoas e não afastá-las. Muito amor e apreciação pela Academia. Espero que nos encontremos de novo.

A seguir, relembre os maiores injustiçados da história do Oscar:


Algo semelhante aconteceu com Pulp Fiction em 1995, que só venceu Melhor Roteiro Original após ser indicado para outras seis categorias.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você quer que ganhe A Fazenda 10

Obrigado! Seu voto foi enviado.