X

NOTÍCIAS

Publicada em 07/01/2019 às 08:20 | Atualizada em 07/01/2019 às 12:25

Brasileira que trabalhou com família real britânica revela gafe com rainha Elizabeth II

Danielle dos Santos Cabral foi trabalhar no palácio de Buckingham, em Londres, na Inglaterra

Da Redação

Reuters

Já imaginou como seria trabalhar ao lado da rainha Elizabeth II e toda a família real britânica? Uma brasileira teve a grande sorte de viver essa experiência! Em entrevista à agência RFI, Danielle dos Santos Cabral revelou todos os detalhes de como foi passar alguns anos circulando pelos enormes palácios da família. Paulista e formada em marketing, Danielle conseguiu o emprego após ser indicada por um cliente de um supermercado onde trabalhava como caixa, em Londres.

Ela conta que passou por nove entrevistas e esperou cerca de oito meses até que a administração da família real fizesse uma varredura nos últimos dez anos de sua vida. A demora também se deu pelo fato da equipe de contratação ter tido dificuldades em levantar referências da profissional, já que no Brasil, ao receberem o telefonema do Palácio de Buckingham, muitas pessoas não levavam a sério e desligavam.

Sobre os momentos mais inesquecíveis, Danielle relembra que sempre conversava com o príncipe Philip, marido de Elizabeth II, que sempre puxava assunto sobre o Brasil. Além de uma dança com a rainha e até encontro com o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A dança com Elizabeth aconteceu durante um verão em Balmoral, onde a rainha realiza dois bailes oficiais e com a presença de todos os funcionários:

- Quando eu cheguei lá, tinha todo um protocolo para ir a esse baile. A gente que estar com os ombros e os joelhos cobertos. Aprendemos a dança escocesa. Tem uma das danças escocesas, onde todas as mulheres vão para o centro do salão. A gente faz uma roda de costas para o centro e os homens fazem uma roda de frente para o centro. A gente dança rodando, virando para o lado direito, e os homens para o lado esquerdo. Na hora que a música para, você tem que dançar com o rapaz que está na frente. O Pipe (ou porta-voz da festa) da rainha comanda a festa e pede para todas as mulheres irem para o centro do salão. Quando eu estava no centro, olhei para a minha direita para pegar na mão da pessoa ao lado e era a rainha, conta. 

A interação com a monarca não aconteceu apenas uma vez. Por outras duas vezes, Danielle conta que enfrentou algumas gafes envolvendo os cachorrinhos da avó de príncipe William e Harry:

- Uma vez eu e minhas colegas estávamos caminhando, quando, de repente, começou a vir um monte de cachorrinho latindo na nossa direção. Foi muito engraçado, ficamos meio assustadas. Quando olhamos, vimos o carro da rainha estacionado e, logo atrás dos cachorrinhos, uma senhorinha de lenço na cabeça, andando com os cachorros", diz. "Ela pediu mil desculpas por todo o barulho, pelos latidos que os cachorros estavam fazendo, por toda a bagunça. Deu uma pequena bronquinha nos cachorros, mandando pararem de latir, e continuou caminhando. Abriu a porta do carro e colocou os 11 cachorros dela dentro e saiu dirigindo, explica ela. 

Em outra ocasião, acabou enxotando o cachorro da rainha com o pé, após ele tentar roubar comida do carrinho que levava até o refeitório, precisando pedir desculpas pelo incidente:

- Na hora de coletar a comida, a gente colocava tudo em um carrinho totalmente aberto e transitava até o refeitório. Quando eu estava passando pela sala da governanta da rainha, vi que ela estava aberta. Tinha um portãozinho na porta para passar o cachorro da mesma raça da rainha, um Corgi", conta. "Esse cachorro, por sinal, é filho de um dos cachorros da rainha Eu passei, vi que portãozinho estava aberto mas não vi nenhum sinal do cachorro. Continuei no corredor. De repente, virando à esquerda em outro corredor, um cachorro veio correndo em direção, onde estavam as batatas

Trabalhando no restaurante que atende os funcionários e servindo cerca de 350 a 400 almoços diários, Danielle também já caiu da escada  no palácio de Buckingham, quando ia completar uma jarra de suco para oferecer aos convidados da casa. A jarra de cristal que pertenceu à rainha Vitória só não se espatifou porque Danielle a protegeu.

Ela deixou o emprego dos sonhos de muita gente em 2016, quando decidiu que iria se dedicar à maternidade. A filha mais velha tinha problemas de saúde e ela queria estar mais perto e não poderia mais viajar tanto. 

- Valeu cada ano, cada minuto, cada aprendizado, tudo. Resolvi me dedicar à maternidade, que foi uma decisão muito difícil, porque eu realmente gostava do meu trabalho no palácio. Tenho muitas saudades e muitos amigos lá, a gente sempre se fala. Mas vai sempre ficar guardado meu coração. Foi mais do que um trabalho. Foi uma experiência de vida. 

A seguir, veja algumas curiosidades sobre a vida da rainha!


Elizabeth II tem uma conhecida paixão pela caça a animais. A atividade é tida pela família real como um hobby e praticada em Balmoral, propriedade da coroa britânica na Escócia.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para o nascimento do filho de Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.