X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/04/2019 às 00:00 | Atualizada em 12/04/2019 às 12:51

Em bate-papo, Isabella Scherer fala sobre sua marca de roupas e entrega: Nunca percebi que eu tinha talento para ser atriz

Em entrevista exclusiva ao ESTRELANDO, a atriz falou sobre o sucesso como influenciadora digital e o sonho de ter sua própria marca de roupas

Guta Valente

Divulgação

CEO da minha vida é como Isabella Scherer se define em sua biografia no Instagram. A frase de efeito não só revela o lado bem-humorado da loira, como também diz muito sobre quem ela é de verdade. Além de atriz, é influencer digital e empresária - já que acaba de lançar sua própria marca de roupas. Tantas funções acumuladas em tão pouco tempo só levam a crer que Isabella, que ganhou notoriedade por causa da personagem Clara em Malhação - Viva a Diferença, deixou de ser apenas conhecida como filha do ex-nadador Xuxa, para consolidar seu próprio nome no meio artístico.

Agora, seguindo os passos no mundo da moda e dando continuidade na carreira de atriz, já que recentemente participou da quarta temporada da série Psi, exibida pela HBO, ela conta com exclusividade ao ESTRELANDO, como tem sido conciliar os trabalhos e também entrega como anda a vida amorosa, já que voltou a ser vista com o cantor Fiuk, com quem já teve um relacionamento bastante discreto. Ela garante que agora eles são apenas bons amigos, que se encontram de vez em quando.

A seguir, veja a entrevista completa:

ESTRELANDO - Você está lançando sua marca de roupas e estreando na HBO. Como é para você conciliar a carreira da atriz com a de empresária?

Isabella Scherer - Eu lancei minha marca de roupa esse ano e a série da HBO nós gravamos no meio do ano passado, então eu não tinha ainda essa logística do dia-a-dia da empresa. Foi muito tranquilo, porque era mais a parte criativa da marca e das peças. Então eu não sei ainda como é que vai ser quando eu entrar em um novo projeto como atriz, junto com a empresa. Mas eu estou trabalhando com uma amiga minha, que me ajuda a empacotar as coisas, e enviar nos correios, além da minha mãe, que também ajuda quando eu preciso. Provavelmente, essa será a logística!

ESTRELANDO Poderia contar um pouquinho sobre sua personagem na série?

Isabella Scherer - A minha personagem é muito religiosa. Ela foi criada dentro de uma comunidade muito pequena e religiosa, que tem seu próprio pai como pastor. A Helen é uma personagem muito diferente de mim. Eu tive que estudar e pesquisar bastante, principalmente porque fiz ela em duas fases. Foi a primeira vez que eu fiz uma personagem jovem e adulta, o que foi muito legal por poder trabalhar com essa diferença de fases.

ESTRELANDO Além da série, há algum outro personagem que está vindo por aí? Pode adiantar seus projetos relacionados à carreira de atriz?

Isabella Scherer - Eu tenho um projeto, mas ainda não posso falar nada. Acho que ainda esse ano, ou ano que vem, vou ter mais alguma novidade na carreira de atriz.

ESTRELANDO  Acha que estar em Malhação, na TV Globo, te abriu portas no meio artístico?

Isabella Scherer - Eu acho que abre portas sim! Na hora de fazer um teste as pessoas te dão um pouco mais de atenção. Além disso, o que é bem importante é a experiência proporcionada. Então não tenho a menor dúvida que eu evoluí e aprendi muito mais do que durante minha carreira inteira, nessa rotina de um ano atuando todos os dias.    

ESTRELANDO - Com tantos seguidores nas redes sociais, você acaba influenciando  muitas meninas de sua idade, inspirando tanto pela personalidade quanto nas questões relacionadas à moda. Como você se sente em relação à isso? Há algum objetivo por trás desse lado influencer?

Isabella Scherer - Eu estou nesse meio das redes sociais desde os meus 15 anos. Comecei em uma webserie da TV Capricho, na época que estavam começando os blogs de moda, o Instagram nem era tão forte assim, e existiam mais sites específicos. Então, eu já comecei um pouco nesse meio que foi modificando muito, tanto que a palavra influenciador surgiu a pouco tempo - antes era blogueiro. Antigamente, meu público era só moda, e a ideia era compartilhar meus looks e isso foi crescendo, e mudando. É possível ver isso nessa nova dinâmica em que as pessoas gostam de acompanhar o dia a dia literalmente - todas as horas do dia, pelos stories. Eu nunca quis influenciar ninguém, muito pelo contrário. Eu acho que cada um tem que ser mais fiel a si mesmo. Além das dicas de moda que eu compartilhava no passado, e hoje eu gosto de continuar falando, eu comecei a fazer roupas que eu gosto e abri uma empresa. Acho que foi tudo modificando e eu peguei várias fases da internet

ESTRELANDO Você acredita que dará pra conciliar as duas carreiras ou pretende escolher alguma delas daqui para frente?

Isabella Scherer - Eu acho que com certeza dá pra conciliar. São duas coisas que eu amo fazer e não pretendo abrir mão de nenhuma. É claro que, por enquanto, eu faço praticamente tudo da minha empresa, e que quando eu estiver trabalhando eu vou precisar de ajuda. Contratar pessoas conforme a empresa for crescendo vai se tornar natural. Mas eu pretendo continuar, pelo menos na parte criação para sempre na Serê, e atuando para sempre também.

ESTRELANDO Ter uma marca com apenas 23 anos de idade é um grande passo na vida de uma mulher jovem adulta. Como você se sente com essa conquista ainda tão nova? Tem alguém por trás, que te ajuda a realizar tudo isso? Que está na luta com você no dia a dia?

Isabella Scherer - É um desejo que eu tenho a muito tempo, tanto que eu fiz dois anos da faculdade de Design de Moda. Mas isso era algo que eu tinha um pouco de medo, de dar esse passo, porque eu sabia o quanto ia demandar tanto em tempo quanto em responsabilidade. Eu não posso pegar uma semana pra mim e relaxar, sabe? A partir do momento que eu abrisse a Serê, eu já sabia que teria que ficar focada, pelo menos nesse começo. Eu quero entender 100% de cada pedaço da minha empresa, eu sabia que eu ia ter que abrir mão de tudo. Então eu enrolei um pouco para abrir, mas eu acho que tudo tem um momento certo, com a maturidade certa.Minha família me ajuda quando eu preciso, na parte de enviar caixa, fechar caixa, levar no correio, e também tem uma amiga minha como eu comentei anteriormente, que me ajuda. Mas na verdade eu quero fazer o máximo possível sozinha nesse começo.

ESTRELANDO -Como surgiu a ideia de ter sua própria marca de roupas e quando você percebeu que tinha talento para se tornar atriz?

Isabella Scherer - A ideia é antiga. Eu sempre quis colocar ela em prática e transformar minhas ideias dos desenhos em roupas, de fato, e poder compartilhar isso com outras pessoas, para elas terem acesso às minhas criações. E, eu acho que eu nunca percebi que eu tinha talento para ser atriz. Foi algo que eu tinha vontade e curiosidade de fazer: de ser outra pessoa, de estar numa situação que eu não agiria daquela forma, e agir como a personagem necessita. Eu acho que eu fui trabalhando, estudando e desenvolvendo isso com o passar dos anos.

ESTRELANDO - No ano passado, você deu uma entrevista falando sobre baixa autoestima e sua insegurança com aparência. Como você está hoje? Tenta ajudar outras meninas que, de alguma forma, também passa por esse tipo de situação?

Isabella Scherer - Eu tive muito problema até meus 14 anos. Eu era muito insegura com a minha pele, com o meu corpo e não me achava nem um pouco bonita, mas isso com o tempo foi mudando. A puberdade, a minha consciência , minha autoaceitação foi mudando, como eu mudei fisicamente também. É um assunto que eu evito falar hoje em dia porque eu não acho que é meu lugar de fala, eu acho que eu sou muito privilegiada. Hoje eu tenho noção, e quando me olho no espelho, eu sei que não faz sentido eu falar que eu não tenho autoestima e que me acho feia, e acho que as pessoas poderiam julgar isso. Então é um assunto que eu tento falar de uma forma mais sutil, mas sem falar o meu lado. É algo que aconteceu no passado e sei lá, eu tenho medo de ser polêmico.

ESTRELANDO - Em sua biografia no Instagram você diz que é Ceo da sua vida. Como é isso? Você é independente, mora sozinha? Como conquistou essa independência ainda tão cedo?

Isabella Scherer -  CEO da minha vida é apenas uma brincadeira, uma zoação e é só isso na verdade! Eu não moro sozinha, apesar de eu pagar minhas contas, continuo morando com os meus pais, então não sou 100% independente. Eu trabalho desde os meus 15 anos, o que fez eu juntar bastante dinheiro desde os primeiros trabalhos, e consegui abrir minha empresa. Mas ainda dependo dos meus pais, e é uma escolha própria de querer continuar com eles.

ESTRELANDO Como você mesma já disse, seus fãs sempre perguntam se você está solteira. Está mesmo? Como está sua vida amorosa?

Isabella Scherer - Estou solteira! Na verdade minha vida profissional está demandando bastante tempo agora.

ESTRELANDO Seu relacionamento com Fiuk teve bastante notoriedade na imprensa. Como você lidou com isso? Acha que com o próximo namorado será da mesma forma ou pretende que o relacionamento seja mais discreto e sem tanto assédio do público?

Isabella Scherer -  Na verdade, a gente tentou ser o mais discreto possível, e não falamos sobre isso o relacionamento inteiro. Eu acho que foi uma opção boa naquele momento, como eu acho que é muito bom não ter ninguém se metendo, e não ter especulações do tipo: ah, não postou foto em duas semanas juntos, será que aconteceu alguma coisa?  Mas ao mesmo tempo, acho que num futuro relacionamento eu não vou ter esse problema de ficar escondendo. Então eu vou experimentar ser de outra forma e depois eu decido o que eu faço.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

De que lado você está na briga entre Zezé Di Camargo e Zilu Camargo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.