X

NOTÍCIAS

Publicada em 05/06/2019 às 16:58 | Atualizada em 05/06/2019 às 18:08

José Luiz Datena fala sobre cirurgia para retirar tumor no pâncreas: - Eu achei que ia morrer

Ele também falou sobre ser portador de diabetes e confessou que mexeu bastante com sua vida sexual

Da Redação

Divulgação

José Luiz Datena participou nesta quarta-feira, dia 5, do programa Aqui na Band e fez uma declaração detalhada e comovente sobre a experiência traumática de ter removido um pedaço de seu pâncreas:

- Eu fiz uma tomografia do abdômen (...) [então fui informado] de que tinha um pontinho no pâncreas. Quando eu ouvi essa palavra pensei que tinha alguma coisa errada. De fato tinha um tumor no pâncreas, que costuma ser pênalti sem goleiro. Se ele estiver em uma fase mais avançada, você não sobrevive. Você opera e em seis, sete meses, morre. Foi o que aconteceu com o meu irmão Marcelo Rezende. [...] Eu liguei para o Drauzio Varella e ele me disse para procurar um especialista. Chegando lá ele disse: Datenão, eu acho que não é câncer de pâncreas, mas eu acho melhor tirar isso. 

Surpreendendo com a honestidade ele continua afirmando:

- Eu fiz uma operação em que eu achei que ia morrer. Eu entrei legal porque eu não tinha sintoma de nada, eu estava bem. E, então acordei na UTI do Sírio-Libanês, cheio de equipamentos e aparelhos. (...) Quando eu cheguei no quarto, minha mulher desmaiou. A cirurgia durou oito ou nove horas. Foi uma coisa terrível e eu não sei com sobrevivi. 

Confira:


Além desse processo tenso, ele precisa conviver com a diabetes tipo 2. Ele confessou que lidar com ela é difícil e que, apesar de passar mal todo dia durante o programa, só deixou de apresentá-lo uma vez por conta da doença:

 - No dia que eu desmaiei aqui. Eu tomei uma quantidade excessiva de insulina rápida e a glicemia caiu de uma hora para a outra. Eu achei que estava tendo um infarto porque eu estava digitando no celular e cai e desmaiei. Quando eu acordei estava com uma dor violenta no peito, mas é que na queda eu quebrei duas costelas. 


Além dessas duas confissões, o apresentador ainda contou que, apesar de não ser adepto de exercícios físicos, sua alimentação é bem regrada e que sua vida sexual ficou bem mexida:

- Mexeu para caramba porque a pessoa vai ficando impotente. É um depoimento pessoal. É claro que os remédios resolvem, mas é uma dificuldade para caramba. 

Veja a seguir:


Saiba quais outros famosos já se abriram sobre a saúde:


James Corden deu uma entrevista, em 2016, para a revista Rolling Stone e falou sobre como lidava com o bullying na escola: - Se você é uma pessoa grande na escola, tem duas escolhas: Você será um alvo. No meu caso, indo para a escola, eu pensava: Certo, então eu só vou me tornar um alvo ainda maior. Minha confiança, ela vai aterrorizar os meninos. Era assim que eu me sentia na escola. Ele também criticou a representação de pessoas gordas em Hollywood: - Eu nunca entendo quando assisto comédias românticas. Essa ideia de que, por alguma razão, pessoas não atraentes ou gordas não se apaixonam. Se isso acontece, é de um jeito meio estranho - e não é assim. Disse tudo, né?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Pedro Scooby e Luana Piovani podem se reconciliar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.