X

NOTÍCIAS

Publicada em 27/09/2019 às 12:39 | Atualizada em 27/09/2019 às 12:58

Mais duas pessoas são presas pela morte do rapper Mac Miller

As investigações apontam que Mac morreu após ingerir doses letais de pílulas fornecidas por traficantes

Da Redação

Divulgação

E a polêmica em torno da morte do rapper Mac Miller continua. Segundo informações do site TMZ, mais duas pessoas foram presas por fornecerem pílulas com doses letais ao músico, que morreu no dia 7 de setembro de 2018 vítima de uma overdose. Fontes afirmaram ao veículo que um homem chamado Stephen Stevie Walter foi preso na última segunda-feira, dia 23, na região de Los Angeles, nos Estados Unidos. De acordo com documentos obtidos nas investigações policias, Walter foi contatado por Cameron James Pettit, o primeiro a ser preso, na noite do dia 4 de setembro, pedindo dez pílulas azuis.

Pettit enviou um outro traficante para entregar as pílulas a Mac, na madrugada do dia 5 de setembro. Este intermediador foi posteriormente identificado como Ryan Reavis, que também foi preso no início desta semana. 

Por enquanto, apenas Pettit recebeu uma acusação formal da polícia. Ele responderá por distribuição de uma substância controlada em relação à morte de Mac.

A seguir, saiba tudo sobre a morte de Mac Miller:


Os fãs ainda montaram um memorial para Mac em um parque chamado Frick Park’s Blue Slide, que serviu de inspiração para o rapper no álbum Blue Slide Park, de 2011. O músico comentou sobre a importância do lugar para a MTV: - É um parque em Pittsburgh onde eu cresci. Não importa o que aconteça na vida, não importa onde você vá, para onde você está indo, o que acontece com o parque, esse slide será sempre azul. Isso sempre será o Blue Slide Park, não importa o quê. Você pode ir para Nova York e viver por dez anos e se tornar um grande magnata de negócios e depois voltar para o Burgh e não importa quanto dinheiro você tenha, esse slide ainda será azul.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual a sua opinião sobre as acusações de assédio contra Marcius Melhem?

Obrigado! Seu voto foi enviado.