X

NOTÍCIAS

Publicada em 26/11/2019 às 14:36 | Atualizada em 26/11/2019 às 15:03

Ex-Dominó e amigo próximo de Gugu Liberato, Marcelo Rodrigues revela que esposa do apresentador já sabia que os médicos não poderiam salvá-lo

Um outro amigo da família ainda contou que os filhos do apresentador estão abalados e recebendo ajuda psicológica

Da Redação

Divulgação-Record TV

Na noite da última segunda-feira, dia 25, foi ao ar o programa Conexão Repórter, do SBT, com uma matéria especial sobre os últimos momentos do apresentador Gugu Liberato. Como você viu aqui no ESTRELANDO, Gugu sofreu uma queda de cerca de quatro metros de altura em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos, e chegou ao hospital com uma condição neurológica grave, já que havia batido a cabeça no acidente. Na sexta-feira, dia 22, dois dias após o ocorrido, foi declarada a morte cerebral do apresentador. As últimas informações são de que o corpo do jornalista está prestes a ser liberado pelas instituições responsáveis, que o encaminharão para uma outra empresa que fará o translado para o Brasil. A estimativa é que o corpo chegue na próxima quinta-feira, dia 28, e que a partir daí sejam definidas as datas para o velório e o sepultamento, que ocorrerão, respectivamente, na Assembléia Legislativa de São Paulo e no Cemitério Gethsêmani, também na capital paulista. O velório, inclusive, será aberto ao público.

No Conexão Repórter, o ex-Dominó e amigo íntimo de Gugu, Marcelo Rodrigues, explicou todas as circunstâncias do acidente. Marcelo falou sobre o material do piso do sótão, lugar onde ocorreu o acidente, e contou que a parte mais frágil do cômodo, onde o apresentador pisou, costuma ficar um tanto quanto restrita em relação ao resto do espaço. 

- Uma coisa que os brasileiros não conhecem é a forma de construção americana, que é toda feita em drywall. E todas as casas possuem um sótão onde todo o maquinário de ar-condicionado fica. Drywall seria um gesso acartonado. Nada mais é do que uma placa de gesso que tem papelão. Aqui eu tenho uma área de madeira, onde eu posso pisar e é totalmente seguro. Porém, toda essa área que tem vários flocos no chão, isso tudo é o teto da casa, que é frágil. Então se eu piso em algum lugar desse aqui, que é até restrito, de certa forma, ele pode ceder. Não é sólido, por isso existem restrições de onde andar. 

Marcelo também revelou o que foi dito pela esposa de Gugu, Rose Miriam Di Matteo, antes da ida do artista ao sótão. 

- Ela falou que ele estava no quarto dele e que estava muito frio. Ele estava achando que tinha alguma coisa errada com o ar-condicionado, talvez ele quisesse aquecer um pouco mais a casa. Então ele resolveu subir no sótão para verificar o ar.

A casa onde Gugu sofreu o acidente foi comprada há pouquíssimos meses. Marcelo alegou, inclusive, que o apresentador tinha vontade de ficar mais tempo nos Estados Unidos, já que lá ele era uma pessoa desconhecida.

- Ele queria ter mais tempo com a família, mais tempo aqui na América. Aqui ele vivia de um jeito mais simples. Ele poderia buscar os filhos na escola e ter uma vida de um cidadão comum.

Depois, o amigo falou sobre o momento em que descobriu sobre o acidente.

- Na quinta-feira [dia 21 de novembro], pela manhã, a Rose me manda um áudio. [Ela estava] muito preocupada, angustiada. Assim que eu cheguei lá [no hospital], eu me encontro com a Rose, que estava muito desesperada, o que é normal. Vou até o quarto 404, onde o Gugu estava, e me deparo com ele com os equipamentos de sobrevivência. E eu só pude fazer uma coisa. Só pude colocar a minha mão e orar por ele junto com ela. Pedimos a Deus para salvá-lo, porque sabíamos que pelos médicos ele não poderia ser salvo. 

Marcelo ainda explicou como os médicos deram o diagnóstico de Gugu.

- Os médicos americanos são muito frios e diretos. E eles chegaram para explicar para mim e a Rose o quadro clínico do Gugu. Eles disseram que a queda foi muito forte, que a situação dele era a de um quadro irreversível. A Rose me pediu para perguntar para eles qual era a chance de sobrevivência. Eu fiz essa pergunta e o médico olhou para mim e falou Zero chance. Ela perguntou por que não poderíamos fazer uma cirurgia para drenar o sangue no cérebro, toda a pressão. E ele [o médico] falou que eles só fazem essa cirurgia em caso de sobrevivência, o que não era o caso dele. Porém, nesse mesmo momento, o médico disse que na parte da tarde eles iriam fazer novos procedimentos de acordo com a lei da Flórida, de um segundo resultado, de que realmente não teria funções neurológicas para que então pudessem decretar a morte encefálica. 

Depois, um outro amigo da família Liberato, Júnior Azzi, fez novas revelações. O empresário afirmou que, provavelmente, Gugu iria acender a luz do sótão quando acabou pisando na parte do gesso, que cedeu. Júnior também disse que os filhos do apresentador estão super abalados e recebendo ajuda psicológica.

Confira o programa Conexão Repórter na íntegra a seguir:


Aproveite e relembre a trajetória impecável de Gugu Liberato:


... No mesmo período, ele também comandou o Canta Comigo, reality musical da emissora. Esse, inclusive, foi seu último trabalho na TV.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou das recentes acusações envolvendo Tom Cruise, a Cientologia e a filha dele, Suri Cruise?

Obrigado! Seu voto foi enviado.