X

NOTÍCIAS

Publicada em 31/01/2020 às 13:54 | Atualizada em 31/01/2020 às 13:59

Mãe de Gugu Liberato fala sobre polêmica envolvendo viúva do apresentador: - Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim

Maria do Céu, de 90 anos de idade, falou pela primeira vez sobre a morte do filho em entrevista à Veja

Da Redação

Divulgação

Maria do Céu, mãe de Gugu Liberato, falou pela primeira vez sobre o filho, que morreu em novembro de 2019, após sofrer uma queda em sua casa em Orlando, nos Estados Unidos. Além disso, a senhora de 90 anos de idade comentou sobre a polêmica envolvendo Rose Miriam di Matteo, que foi companheira de Gugu, e é mãe dos três filhos dele.

Primeiro, Maria detalhou como descobriu a morte do filho:

- A minha filha [Aparecida] chegou em casa quando eu estava na cozinha. Ela pediu que eu fosse até a sala, achei estranho. Quando me falou que o Toninho sofreu um acidente [choro]… Fomos direto ao aeroporto, eu embarquei com a roupa que estava vestindo. A confirmação da morte foi no hospital. Não gosto de pensar nesse exato momento. Mas parecia que algo iria acontecer.

Ela ainda explica:

- Eu passava metade da semana na casa dele; a outra parte, na minha. Como eu estava com gripe, fiquei mais de uma semana na casa do Gugu. No dia anterior à viagem, ele foi até o quarto e ficou horas e horas conversando comigo. Daí ele me contou que iria sair de casa às 6 da manhã para viajar, mesmo assim eu pedi para vir se despedir. Ele foi e me beijou muito. Na saída, já na porta, eu o chamei novamente, e ele voltou para me abraçar. Ele não tinha pressa, parecia estar adivinhando. Eu só não fui para lá porque estava gripada.

Maria do Céu contou como tem sido seus dias:

- Eu choro muito, sempre escondido dos outros filhos. Tenho muitas saudades. À casa dele, fui apenas uma vez depois do acidente porque não tive mais coragem. A sensação de chegar e não o encontrar deixa um vazio ainda maior.

Em seguida, contou que mantém contato com seus netos, João, de 18 anos de idade, e as gêmeas Marina e Sofia, de 16 anos. É aí que ela detalha a polêmica envolvendo Rose, viúva de Gugu:

- Nós nos falamos por vídeo pelo WhatsApp. O João veio passar o Natal comigo, já as meninas [Marina e Sofia] ficaram nos Estados Unidos por serem menores. A gente era uma família muito feliz [chora]. Nunca vou perdoar a Rose por ter mentido para mim, dizendo que iria fazer um retiro religioso enquanto largou meus netos sozinhos nos Estados Unidos para vir ao Brasil armar essa briga na Justiça. Quando o Gugu estava aqui, a família almoçava inteira na casa dele aos domingos. A comida era servida às seis da tarde, sete da noite [chora muito]. Os pratos favoritos dele eram arroz com polvo, arroz com cogumelos, nhoque com frango e caldo verde.

Por fim, Maria do Céu diz qual a imagem que o seu filho deixou para ela:

- O Toninho ajudou muita gente sem falar nada. Eu não passo um dia sem receber visitas. Conforta ouvir histórias de pessoas que sofreram por problemas parecidos. Mas a verdade é: enterrar um filho é a pior coisa do mundo. Nada fica como antes, concluiu.


A separação dos bens de Marília Pêra também virou uma novela. A atriz, que morreu em 2015 por conta de um câncer, deixou um testamento, mas seu marido e familiares entraram em conflito. Segundo a colunista Patrícia Kogut, a atriz deixou 87,5% de seus bens para a irmã e os três filhos e 12,5% para Bruno Faria, com quem tinha uma união estável com separação de bens. Bruno chegou a brigar na justiça para ter direito a metade do patrimônio de Marília, enquanto a família da atriz defendeu que o desejo da atriz, manifestado no testamento, fosse mantido.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Para você, qual famosa deu o que falar no pré-Carnaval?

Obrigado! Seu voto foi enviado.