X

NOTÍCIAS

Publicada em 03/07/2020 às 16:37 | Atualizada em 03/07/2020 às 16:53

Depoimento de Meghan Markle é perturbador para família real, diz jornal

Em documentos legais, a duquesa afirmou que se sentia desprotegida na realeza

Da Redação

The Grosby Group

Como você pode acompanhar aqui no ESTRELANDO, segundo informações obtidas pelo E! News, em documentos judiciais do julgamento promovido por Meghan Markle e príncipe Harry contra o Mail on Sunday, a duquesa revelou que se sentia desprotegida dentro da realeza por não poder se defender de notícias divulgadas pela mídia. De acordo com uma nota divulgada pelo The Mirror na última quinta-feira, dia 2, as alegações feitas por Meghan podem ser uma leitura perturbadora para a Rainha Elizabeth II e para os príncipes Charles e William.

Russell Myres, editor do jornal que escreve sobre a realeza britânica, afirmou que as notícias podem apresentar manchetes desconfortáveis para a família:

- Obviamente, isso faz parte das muitas reivindicações que Meghan quer transmitir ao público, como parte de sua espetacular briga com a realeza desde que eles partiram para os Estados Unidos. Não acho que sejam apenas manchetes desconfortáveis. Elas são absolutamente perturbadoras para a família real, que pode ficar muito angustiada.

- Na época, e certamente lendo sobre eles, eles são muito, muito sinceros. A rainha menciona como eles levaram Meghan para o coração da família, e como ela ficou tão impressionada com ela. Certamente, essas alegações de que ela se sentiu desprotegida, especialmente durante a gravidez, serão muito angustiantes para a rainha, Charles, Kate e William, finalizou Russell.

Sussex Royal

As atividades de Sussex Royal foram oficialmente encerradas. Segundo a Harper's Bazaar, uma fonte confirmou que a documentação foi arquivada na Companies House e na Charity Commission para encerrar formalmente a instituição de caridade.

Como resultado da desapropriação do nome Sussex Royal por Harry e Meghan, a instituição de caridade entra formalmente em um período de encerramento:

- Durante esse período, todos os curadores deixarão seus cargos, exceto o Duque de Sussex, que permanecerá formalmente como diretor e curador até que o processo de liquidação seja concluído. O duque e a duquesa continuam incrivelmente agradecidos pelo apoio e orientação que os curadores deram durante esse período.

Por fim, a fonte afirmou que o projeto de maior preocupação do casal é o Travelyst:

- O único programa em operação e desenvolvimento da instituição de caridade foi a iniciativa sustentável de viagens e turismo, a Travalyst. A Travalyst agora está operando como uma organização sem fins lucrativos independente, com sede no Reino Unido, e todos os ativos da Sussex Royal serão transferidos.

Confira abaixo 28 gafes e quebras de protocolo de Meghan Markle:


Outra quebra de protocolo fashion: Markle usou um vestido preto no evento da Força Aérea Real, em julho de 2018. A cor só costuma ser usada pela realeza em funerais.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou de Khloé Kardashian ter voltado com Tristan Thompson?

Obrigado! Seu voto foi enviado.