X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/07/2020 às 14:32 | Atualizada em 16/07/2020 às 14:58

Autor de novo livro sobre Michael Jackson dá detalhes sobre a autópsia do cantor e diz ter provas do abuso infantil cometido pelo Rei do Pop

Dylan Howard, que já escreveu livros sobre diversas celebridades, fez revelações chocantes sobre a morte de Michael, em 2009

Da Redação

Divulgação

Dylan Howard, autor de um novo livro sobre Michael Jackson, fez revelações chocantes à imprensa internacional nos últimos dias. O jornalista deu uma entrevista ao site britânico Mirror e afirmou que possui um vídeo preocupante do Rei do Pop entretendo duas crianças em sua casa. 

Nas imagens, um garoto mais velho está com os braços em uma viga de madeira, como se fosse um mártir em uma cruz, enquanto um menino mais novo documenta tudo através de uma câmera. Momentos depois, o músico teria começado a abusar da criança mais velha, disparando ainda ordens e palavrões. O garoto finge cuspir em Michael e, então, o cantor se afasta. 

No bate-papo, Dylan admitiu que ficou perturbado quando viu o material do vídeo.

A cena era preocupante e desconcertante... o nível de linguagem obscena e abuso simulado não pode ser ignorado. Embora Michael e as crianças estivessem envolvidos no que era claramente um teatro exagerado, seu assunto preferido era sem dúvida impróprio para a idade dos meninos. Mesmo se eles estivessem interpretando algum tipo de cena de dramatização intensa e nojenta, as palavras e ações são imperdoáveis em um certo nível, mas, assim como Michael, nem sempre as coisas são o que parecem.

Além disso, surgiram também informações sobre a autópsia do artista. Ainda de acordo com o Mirror, Michael teria várias cicatrizes e machucados misteriosos pelo corpo. Em seu organismo, não havia nada além de pílulas parcialmente dissolvidas em seu estômago, e ele teria se alimentado apenas de uma pequena refeição no dia de sua morte.

Nos braços, o músico teria ferimentos de punção, que provavelmente teriam sido causados por drogas que ele estava injetando no corpo, em uma tentativa desesperada de lidar com a insônia crônica. Seus quadris, coxas e ombros também estavam cobertos de marcas de punção - desta vez por injeções de analgésicos.

Havia também, segundo o Mirror, traços visíveis das inúmeras cirurgias estéticas que ele fez ao longo dos anos, com duas cicatrizes cirúrgicas atrás das orelhas e mais duas nas laterais das narinas. Os médicos teriam concluído que muitas das cicatrizes na base do pescoço, nos braços e pulsos eram das várias operações de Michael.

Outras intervenções do Rei do Pop teriam sido uma micropigmentação labial, uma micropigmentação de sobrancelhas e um outro tipo de micropigmentação no couro cabeludo, que se misturava com a linha do cabelo. Mas o mais perturbador seria o fato de que o cantor era careca: seu cabelo, na verdade, seria uma peruca.

Feridas nos joelhos e nas canelas de Michael, assim como alguns cortes em suas costas, sugeriam uma queda recente. Seu corpo também tinha manchas que confirmavam que ele sofria com vitiligo. 

Os pés de Michael Jackson pareciam deformados, provavelmente por conta de calos agonizantes e uma infecção por fungos tão grave que parecia que sua pele estava apodrecendo. Entretanto, o artista era tão obcecado por privacidade que não deixava nenhum médico tratar seus pés, o que fez com que ele se automedicasse para amenizar a dor que estava sentindo.

O eterno Rei do Pop morreu em 25 de junho de 2009, aos 50 anos de idade. A seguir, relembre algumas polêmicas de Michael Jackson:


E no hall das polêmicas ainda está o processo que a família Jackson abriu contra a empresa AEG. Eles acusam a companhia de ter sido negligente com a saúde do astro e, sendo assim, também responsável pela morte do cantor. A AEG foi responsável pela produção da turnê This is It, que Michael começaria em Londres.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica envolvendo Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.