X

NOTÍCIAS

Publicada em 02/09/2020 às 12:05 | Atualizada em 02/09/2020 às 13:01

Ex-BBB se explica após declarar que gostaria de andar armada e que mataria quem tentasse assaltá-la: A maioria de vocês não sabe o que eu já sofri

Ana Carolina, participante do BBB9, reagiu a uma tentativa de assalto na tarde da última terça-feira, dia 1

Da Redação

Divulgação

A participante do Big Brother Brasil 2009, Ana Carolina, ganhou destaque nas redes sociais na última segunda-feira, dia 31, após relatar que havia reagido a uma tentativa de assalto. A ex-BBB foi alvo de críticas ao descrever a situação e afirmar que gostaria de andar armada e que quem a assaltasse iria morrer.

A situação foi relatada pela bacharel em Direito nos Stories de seu Instagram. Ana estava em seu carro, no trânsito, acompanhada de uma colega quando foi abordada por três assaltantes que exigiram que as duas saíssem do carro.

- Eu peguei e comecei a sacudir o carro. Falei assim: Podem me matar, mas esse carro só vai parar de se mexer quando eu tiver morta. Um em cada canto e tudo parado, não tinha nem pra onde acelerar. Eu comecei a jogar o carro pra cima dos meninos, no espaço de nem um metro que a gente tinha na frente. Comigo é assim. Se tem alguém aí que é assaltante, ladrão, eu não sou uma boa vítima. Porque eu sou uma pessoa que vai reagir. No dia em que eu puder andar armada, eu vou andar armada, e quem tentar me assaltar vai morrer.

O comentário da ex-BBB, é claro, gerou muitas críticas por parte dos seguidores não apenas pela atitude imprudente, mas também pelo desejo em andar armada e pela declaração de que poderia matar um assaltante. Por isso, na noite da última terça-feira, dia 1°, Ana Carolina retornou à rede social para explicar seu posicionamento:

- Tem muita gente me criticando, falando: Ah, que a Ana não deveria ter reagido. Quando acontece uma situação inesperada é a reação instintiva da pessoa. E qual foi a minha? Foi de ataque. A maioria de vocês não sabe o que eu já sofri anteriormente. Eu já sofri uma violência muito grande e quando alguém fala assim: Ah, a Ana quer estar armada. Sim, se um cara tenta te estuprar, eu queria estar armada. Eu queria estar armada e ter cortado o p***o dele, era isso. Então, para quem fica me criticando, tenho certeza que a pessoa não passou por nenhum tipo de violência nesse grau. E tem muita gente desejando a minha morte, o que é um absurdo, que falou que eu deveria ter morrido.

Ana ainda ressaltou que esta não foi a primeira vez que reagiu à um assalto, mas se defendeu alegando que não está estimulando ninguém a fazer o mesmo:

- Em todas as tentativas de assalto, eu sempre reagi, mas isso uma coisa que é de mim, não é uma coisa que é certa, é uma coisa que é incontrolável, quem é psicólogo poderia explicar até melhor isso. Mas vocês não tem noção, a gente ri de nervoso, mas eu estava encurralada. A minha reação de defesa foi jogar o carro em cima dos outros. Se estava certo ou errado, não estou falando, mas essa foi minha reação e eu não me arrependo. E, graças a isso, estou aqui viva contando a história para vocês. Não estou fazendo nenhuma apologia, dizendo que as pessoas deviam fazer a mesma coisa. Eu apenas relatei o que eu fiz e como em senti na hora.


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal você gostaria que anunciasse uma gravidez ainda este ano?

Obrigado! Seu voto foi enviado.