X

NOTÍCIAS

Publicada em 15/09/2020 às 12:20 | Atualizada em 15/09/2020 às 12:22

Gilberto Barros é acusado de incentivar agressões contra homossexuais

O jornalista deu uma opinião polêmica durante o seu programa, Amigos do Leão

Da Redação

Divulgação

Gilberto Barros protagonizou uma polêmica e tanto. Durante uma edição do Amigos do Leão, o seu programa no YouTube, o jornalista conversava com Sônia Abrão quando fez um comentário sobre agredir homens gays. Junto com a amiga, ele estava lembrando da época em que chegou em São Paulo e acordava de madrugada para trabalhar:

- Você lembra a hora que eu acordava na Rádio Globo quando eu cheguei em São Paulo em 1984. Eu tinha que acordar às duas e meia e ainda presenciar, onde eu guardava o carro,na garagem, beijo de língua de dois bigodes, porque tinha uma boate gay ali na frente. Não tenho nada contra, mas eu sou gente! Naquela época ainda, você imagina, chegando do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz, apanha os dois, mas faz.

Por conta disso, William de Lucca, candidato a vereador em São Paulo, denunciou Gilberto ao Ministério Público e o acusou de incentivar agressões contra homossexuais:

Esta é a fala de @GilbertoBarros que me motivou a denunciá-lo ao Ministério Público e também pela lei 10.948/01 por crime de homofobia. Não é admissível que um comunicador use um espaço para incentivar a agressão contra homossexuais. É crime e ele responderá por isso!, escreveu no Twitter.

Logo abaixo, veja declarações polêmicas que os famosos já deram:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Davi merece ganhar o BBB24?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Gilberto Barros é acusado de incentivar agressões contra homossexuais

Gilberto Barros é acusado de incentivar agressões contra homossexuais

16/Abr/

Gilberto Barros protagonizou uma polêmica e tanto. Durante uma edição do Amigos do Leão, o seu programa no YouTube, o jornalista conversava com Sônia Abrão quando fez um comentário sobre agredir homens gays. Junto com a amiga, ele estava lembrando da época em que chegou em São Paulo e acordava de madrugada para trabalhar:

- Você lembra a hora que eu acordava na Rádio Globo quando eu cheguei em São Paulo em 1984. Eu tinha que acordar às duas e meia e ainda presenciar, onde eu guardava o carro,na garagem, beijo de língua de dois bigodes, porque tinha uma boate gay ali na frente. Não tenho nada contra, mas eu sou gente! Naquela época ainda, você imagina, chegando do interior. Hoje em dia, se quiser fazer na minha frente, faz, apanha os dois, mas faz.

Por conta disso, William de Lucca, candidato a vereador em São Paulo, denunciou Gilberto ao Ministério Público e o acusou de incentivar agressões contra homossexuais:

Esta é a fala de @GilbertoBarros que me motivou a denunciá-lo ao Ministério Público e também pela lei 10.948/01 por crime de homofobia. Não é admissível que um comunicador use um espaço para incentivar a agressão contra homossexuais. É crime e ele responderá por isso!, escreveu no Twitter.

Logo abaixo, veja declarações polêmicas que os famosos já deram: