X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/09/2020 às 16:52 | Atualizada em 18/09/2020 às 16:59

Galã dos anos 80, Mário Gomes é flagrado fazendo xixi na rua e se justifica: - Estava fazendo um tratamento exaustivo

O ator confessou saber que a atitude é errada, mas disse que não tinha outra solução

Da Redação

Montagem-AgNews-TV Globo

Mário Gomes foi flagrado fazendo xixi na rua recentemente. A atitude foi criticada nas redes sociais, já que além de moralmente errado, também é considerado crime. Por isso, o ator resolveu fazer uma live em seu Instagram para explicar o seu lado da história.

- Falamos agora diretamente do xixi na praça. Falaram que eu fiz xixi mas não foi ontem, foi em outro dia. E eu realmente falei com um guarda, inclusive. Porque eu estava fazendo um tratamento, graças a Deus acabou, exaustivo. E a preparação é muito complicada; não pode ter gazes, não pode ter fezes, tem que estar com a bexiga 110% cheia e a gente fica com uma urgência urinária. A gente sai da máquina, que é uma máquina maravilhosa, de ponta, que infelizmente as pessoas não têm acesso porque priorizaram os estádios de futebol. Não é verdade? Lembram disso? Os colégios também, agora não funcionam, mas estão preocupados com essa questão do xixi. Mas tudo bem, beleza, disparou.

Mário contou que estava bastante apertado, e que aproveitou o local, que já é usado por moradores de rua, para aliviar um pouco.

- O que acontece é que, quando eu saio da máquina - apavorado, porque está 100% [com a bexiga cheia], então sabe como é que é, né -, há uma sensibilidade, porque o tratamento é desgastante fisicamente. Para mim, não. Graças a Deus não aconteceu nada. Um tratamento bacana. E eu saí do ônibus que fica lá na Clínica São Vicente, no Alto da Gávea, e dá dez minutos, eu desço [do ônibus]. E eu dou duas dispensadas na urina dentro da clínica. E como o ônibus sai 15h30 ou 15, e eu termino umas dez pras 15h, eu espero o ônibus e dispenso. E depois eu vou para o ônibus, dez minutos eu estou na praça. É um lugar onde os moradores de rua fazem as suas necessidades.

Por fim, disse que pediu permissão para um guarda - e confessou saber que a atitude é errada.

- Eu falei para o guarda Tudo bem? Não tem como, eu vou fazer na calça. E é isso aí. O que vai fazer? Há uma necessidade. Eu concordo plenamente que não se deve fazer esse tipo de coisa. Mas não sei o que fazer. 

Vale lembrar que, em fevereiro deste ano, Mário desabafou sobre a suspeita de um novo câncer de próstata

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual a sua opinião sobre as acusações de assédio contra Marcius Melhem?

Obrigado! Seu voto foi enviado.