X

NOTÍCIAS

Publicada em 19/04/2021 às 08:00 | Atualizada em 19/04/2021 às 08:42

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres falam sobre a relação entre mãe e filha em tempos de pandemia

Em entrevista à coluna de Sonia Racy, as atrizes ainda falaram sobre as comparações entre elas

Da Redação

Divulgação

Fernanda Montenegro e Fernanda Torres abriram o jogo sobre como foi o período de quatro meses que ficaram isoladas juntas no sítio da família, na Serra do Rio de Janeiro, durante a pandemia do coronavírus, em que continuaram gravando à distância.

Em entrevista à coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy, Torres entrega que a mãe sofreu mais com o período em que ficou sem trabalhar por conta da pandemia:

- Aceitei a situação logo de inicio, já a mamãe foi ficando mais revoltada, ela é uma workaholic e ficar sem o trabalho estava muito difícil para ela. Até que uma hora a gente aceitou aquele lugar como nosso. Quando começamos a gravar a série, as coisas deram uma acalmada, disse ela, citando a produção Amor e Sorte, que estreia em setembro, na Globo.

Fernanda Montenegro acredita que a relação com a filha só melhorou com o período de isolamento:

- Trabalhar em família durante esse tempo foi muito prazeroso. A série retratou bem esse momento da nossa vida. Esse especial cravou para sempre um momento também de realização artística, de comunhão familiar, de aceitação de uma nova possibilidade de sobrevivência diante de uma tragédia como esse vírus que está em cima do mundo. Nos encontramos de uma forma não pegajosa, mas amorosa, essencial, muito humana, sem demagogia.

Fernanda Torres concorda: 

- No fim saímos desse período mais unidas ainda, com admiração e amor redobrados.

Mãe e filha também falaram sobre as comparações entre elas. Torres disse que nunca ter se sentindo cobrada pela mãe a ajudou a seguir profissionalmente no meio artístico:

Acredito que sempre terá comparação. Minha mãe é um dos principais nomes da dramaturgia brasileira e com uma carreira construída com muito trabalho, horas e horas de estudo e ensaios. Não tem como comparar a minha carreira com a dela, são distintas. E como ela nunca me cobrou, mas sempre me orientou e trocou muito, esse caminho foi um pouco mais leve.

Já a matriarca acredita que a filha nunca se dobrou às comparaões:

-No início da carreira sim. Mas depois de alguns anos em que a Nanda foi encarando os papéis de frente, mostrando a que veio, suas opiniões muito embasadas, as cobranças foram diminuindo. Nanda entendeu cedo que a nossa profissão sempre foi muito séria, mas aprendeu a não se dobrar às comparações. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

De que lado você está na polêmica envolvendo Luísa Sonza e Whindersson Nunes?

Obrigado! Seu voto foi enviado.