X

NOTÍCIAS

Publicada em 21/05/2021 às 15:00 | Atualizada em 21/05/2021 às 15:22

Roberta Miranda é condenada a pagar 10 mil reais para segurança de Gusttavo Lima: Violou sua integridade moral

A decisão do juiz, no entanto, ainda pode ser contestada

Da Redação

Montagem-Divulgação-TV Globo

Roberta Miranda foi condenada a pagar 10 mil reais de indenização para um segurança do sertanejo Gusttavo Lima. Segundo informações do G1, a decisão da Justiça de Goiás foi baseada em um vídeo que a cantora publicou em 2019, onde ofende o profissional Paulo Sérgio de Matos, a quem se refere na gravação como Paulão.

Tentando assimilar, digerir essa m***a toda que aconteceu com o segurança do Gusttavo Lima. Esse cara é asqueroso. Você, Paulão, não tem educação. Você é um forte candidato a levar chifre das mulheres, porque homem tem que ser educado, delicado, tem que ter elegância e você não teve., declarou a artista.

Roberta, então, alega que foi barrada duas vezes pelo segurança de conversar com Gusttavo nos bastidores de um show em São Paulo.

Eu estou indignada com você. Estou com ânsia de vômito. Deus me livre ter um segurança como você, eu mandava embora.

Como resposta, Paulo Sérgio de Matos abriu um processo contra a cantora. A defesa de Paulo atestou que o vigilante estava cumprindo ordens de seus empregadores e que não poderia permitir acesso ao camarim ou à rampa para o palco, já que Gusttavo estava se recuperando de um mal estar. O segurança ainda ficou bastante constrangido e se sentiu humilhado com o tratamento e o vídeo de Roberta.

Já a defesa da sertaneja argumentou que Paulo teria agido com truculência com a artista, e pediu para que o caso fosse desconsiderado. Entretanto, o juiz negou o pedido e sentenciou à favor do profissional.

É inegável o erro de conduta da reclamada e a atitude ilícita, já que violou a integridade moral do reclamante, ultrapassando a seara do mero dissabor ou aborrecimento, não se vislumbrando em culpa concorrente, já que a parte reclamada não conseguiu comprovar a ofensa e agressividade perpetradas pelo reclamante. Não há provas de que o reclamante tenha xingado publicamente ou mesmo pessoalmente a reclamada., diz a decisão do juiz Eduardo Walmory Sanches, do 2º Juizado Especial Cível da comarca de Aparecida de Goiânia.

A sentença é elegível para recurso, mas ainda não se sabe se Roberta optará pela revisão.

A seguir, que tal relembrar as maiores polêmicas do mundo sertanejo?


Victor Chaves, da dupla Victor e Léo, deu o que falar na época em que era jurado do reality The Voice Kids. Victor teve seu nome citado em um boletim de ocorrência feito pela esposa, no qual ela, que estava grávida na época, o acusava de agressão. O cantor sertanejo acabou sendo afastado do programa durante as investigações e foi condenado. Pouco depois, ele e a esposa se separaram. Em abril de 2021, Victor e Léo anunciaram a volta da dupla.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Bruna Marquezine e Enzo Celulari ainda podem voltar a ser um casal?

Obrigado! Seu voto foi enviado.