X

NOTÍCIAS

Publicada em 08/07/2021 às 11:50 | Atualizada em 08/07/2021 às 11:56

Processo de Giselle Itié contra Antonia Fontenelle é arquivado; diz colunista

A atriz acusou a youtuber de xenofobia, mas o inquérito foi arquivado em definitivo

Da Redação

Divulgação

Como você viu no ESTRELANDO, Giselle Itié abriu um processo contra Antonia Fontenelle e a acusou de xenofobia depois que a youtuber   disse para a atriz voltar para seu país de origem, o México.

Agora, segundo informações do colunista Leo Dias, o inquérito policial que investigava o suposto crime foi arquivado em definitivo, e o Ministério Público decidiu por não abrir processo. Para o colunista, Antonia Fontenelle afirmou:

- Não houve perda ou ganho. Não houve processo. O Ministério Público arquivou definitivamente a acusação por entender que não houve crime algum. O que houve de fato foi uma denúncia caluniosa. Isso, sim, é crime. Ela ainda tentou me processar no cível pedindo 50 mil reais. Vai trabalhar, filha.

Maternidade

Em entrevista para a colunista Patricia Kogut, Giselle Itié abriu o jogo sobre a maternidade! A atriz, que é mãe de Pedro Luna, nascido em março de 2020, falou sobre a decisão de expor o filho nas redes sociais:

- Eu era mais no casulo das redes, na minha. Agora, sinto que existe uma troca maior com os seguidores, uma troca muito real, saudável e harmoniosa. Cinco dias depois que tive bebê, fechou o mundo. Foi nas redes que consegui encontrar apoio de mães recém-paridas também. Foi e é muito acolhedor. É gratificante saber que eu estou ajudando mães, assim como elas estão me ajudando.

A atriz, que está separada do ator Guilherme Winter, pai de seu filho, comentou sobre maternidade solo:

- Percebi o quanto é importante desromantizar a maternidade. Muitas vezes é castrador para as mães exercer a maternidade e esquecer de si mesmas. Não é bom para ela nem para o filho. Na maioria dos casos, as mães são solo e não sabem. Infelizmente, a sociedade patriarcal e machista não acolheu a paternidade nem ensinou. É importante que os pais exerçam 100% da paternidade. E isso não é ajudar. Não fizemos filho sozinhas. Não é só o lado recreativo, do pai carinhoso. Isso é bacana, mas tem que cuidar, trocar fralda, dar banho, ficar ligado na vacina. Se o pai acolhe a mãe, está acolhendo o bebê. Ele [Guilherme] é superpresente e supercarinhoso.

Giselle voltou a trabalhar recentemente em gravações de uma nova série chamada O Rei da TV, que vai contar a história de Silvio Santos, e contou um pouco sobre sua personagem:

- A personagem é incrível. Michelly Vega é uma atriz que vem para o Brasil fazer uma novela do SBT. Sempre tive muita certeza da minha escolha de atuar. Isso me alimenta como pessoa. Essa volta tem sido gratificante. É uma prazer estar em cena. Agradeço por fazer isso num período tão crítico e triste.

A artista ainda relembrou que no começo da pandemia, a família enfrentou momentos difíceis:

- Meus pais perderam o restaurante que eles tinham. É uma situação bem delicada. A família toda está numa força-tarefa. É muita informação, tem muitas pessoas morrendo... O bebê veio para iluminar, mas, ao mesmo tempo, a gente precisa estar muito de pé para ele não sentir essa energia pesada. Por isso, sou muito grata por conseguir trabalhar. Isso me dá tranquilidade não só para poder ajudar a minha família, mas para aumentar a poupança desse menino, porque a gente não sabe para onde vai este país.

Por fim, ela comentou que não pensa em ter um novo relacionamento:

- Sou libriana, era namoradeira. Agora não tenho condições. Estou isolada com a minha mãe. Ela não tomou a segunda dose da vacina ainda. Não me permito. Só saio de casa para trabalhar mesmo ou para ir ao parque com o Pedro, por exemplo. Graças a Deus estou sendo alimentada pelo amor do pequeno, que não deixa de ser amor. Enfim, estou nesse rolê muito louco. Não sei como vai ser quando abrir a porteira. Coração chega a explodir.

Além de Giselle Itié, veja outras famosas que falaram a real sobre maternidade!


Mãe de Silas, fruto da relação com Justin Timberlake, Jessica Biel também não é daquelas que idealiza a maternidade. Em entrevista, ela falou que ser mãe é não dormir o tempo como gostaria: - Ele varia, mas posso afirmar, com certeza, que é sempre duas horas antes do que eu gostaria. E para descrever sua rotina, a beldade falou sobre como tudo acontece às pressas: Correria, atrasada, fazendo muitas coisas ao mesmo tempo e não dando o meu melhor em todas elas. Para a Marie Claire, ela ainda foi sincera sobre o fato de ter se tornado mãe: - Você acha que é uma pessoa altruísta, aí você percebe que não é. Essa pessoinha chega e demanda tanto, sua agenda não é mais sua e isso nem é mais importante. É bem claro que agora sua vida gira em torno desse carinha. Não sou essa pessoas que sente que: Ah, a vida mudou pelo meu filho, mas muda.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Assim como Tadeu Schmidt, você usaria uma peça de roupa combinando com a de seu (sua) amado (a)?

Obrigado! Seu voto foi enviado.