X

NOTÍCIAS

Publicada em 02/08/2021 às 09:30 | Atualizada em 02/08/2021 às 10:18

Brasileira afirma que príncipe de Mônaco pediu para ela abortar a filha: - Ele sumiu

Sem ter o nome revelado, brasileira revelou o caso em entrevista ao Domingo Espetacular

Da Redação

Divulgação

Uma brasileira revelou em entrevista ao Domingo Espetacular, exibido no último domingo, dia 1º, que está no aguardo de uma nova audiência para ter o reconhecimento da paternidade de sua filha de 15 anos de idade. Ela alega que o príncipe Albert II de Mônaco é o pai da garota e espera que no novo desdobramento do caso, a Justiça peça um exame de DNA.

- Tudo tramita em sigilo. Vai ter uma audiência agora e espero que peçam o exame de DNA, contou a brasileira, que não teve seu nome revelado.

Ela ainda contou que não sabia a real identidade do príncipe Albert II quando se relacionou com ele. Ao contar a gravidez, o monarca teria dito que não tinha desejo ser pai e pediu que ela realizasse um aborto.

- Quando descobri que estava grávida, falei estou grávida e ele pegou e sumiu, desapareceu. Ele não queria ter filho e pediu para fazer o aborto.... Foi difícil. Eu trabalhei durante os nove meses de gestação.

A brasileira conta que quando eles engataram um romance, passaram cerca de 30 dias viajando por Portugal, Itália,  Rússia e Mônaco. Na França, a mulher contou que não havia percebido ainda que estava ao lado de um dos homens mais poderosos do mundo.

- Na época, ele ainda não era príncipe, né. Lá ele caminhava como uma pessoa normal. Até hoje falam que é normal encontrar com eles lá caminhando como pessoas normais. Ninguém aborda. São pessoas comuns.

Quando a criança nasceu, a brasileira foi procurada por Albert, mas como estava chateada com toda a situação, pediu que ele desaparecesse, sem nem mesmo saber que ele era príncipe. A identidade só foi descoberta em 2019: 

- Eu estava com um amigo meu que estava com uma pessoa que era de Mônaco. Falei: ah, poxa, legal e contei: a primeira vez que fui a Mônaco foi com o pai da minha filha. Só que depois que engravidei ele sumiu e desapareceu. Esse meu amigo brincando comigo, disse 'não é que o pai da sua filha é o príncipe Albert de Mônaco. Aí, entrei no Google, vi a foto dele e reconheci imediatamente.

A mulher afirma que seu único desejo é que o monarca faça o reconhecimento da filha e procura para conhecê-la. Ela ainda alega que está disposta a fazer um acordo abrindo mão de dinheiro para realizar o desejo da criança em conhecer o pai:

- Eu quero que ela tenha o pai dela que sempre quis. Até conversei com o advogado e falei: olhe, eu poderia até pegar e renunciar a qualquer coisa, não quero nada. O que passou, passou.

Os representantes dele foram procurados pelo Domingo Espetacular, mas afirmaram que não iriam se pronunciar. Atualmente, o príncipe Albert II é casado com a ex-nadadora olímpica Charlene Wittstock. Eles são pais dos gêmeos Jaime e Gabriela, de seis anos de idade. Nos últimos anos, Albert reconheceu dois filhos, Jasmin e Alexandre, como legítimos, após mães ingressarem com ações judiciais pedindo o reconhecimento de paternidade. 

Veja a entrevista completa, abaixo: 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A primeira treta de A Fazenda 13 aconteceu! De que lado você está?

Obrigado! Seu voto foi enviado.