X

NOTÍCIAS

Publicada em 05/09/2021 às 13:20 | Atualizada em 05/09/2021 às 14:57

Luciano Huck relata queda de avião com a família: - Nós não vamos pousar, vamos cair

O apresentador conta sobre a experiência traumática em seu livro recém-lançado

Da Redação

Divulgação

No recém-lançado livro, Luciano Huck relatou a experiência traumática que viveu com Angélica e seus filhos no dia 24 de maio de 2015, quando sofreram um acidente de avião - a família estava em um avião bimotor, saindo do pantanal no Mato Grosso do Sul, quando o avião caiu. 

O avião passou a perder altura mais rapidamente. O nervosismo tomou conta de todo mundo. O olhar dos nossos filhos se enchia de medo. O comandante curvou o bimotor para outro lado, na direção de Campo Grande. As crianças começaram a gritar. Já não havia dúvidas de que não chegaríamos ao aeroporto, relata o apresentador.

O momento foi traumático para a família que demorou meses para superar a experiência. O avião estava apenas há 130 quilômetros do aeroporto de Campo Grande quando o painel do avião apagou e o barulho do motor ficou diferente.

- Dali em diante, vivemos os piores quatro minutos das nossas vidas, contou.

No capítulo Sobreviventes ele conta os detalhes do acidente:

O avião passou a perder altura mais rapidamente. O nervosismo tomou conta de todo mundo. O olhar dos nossos filhos se enchia de medo. O comandante curvou o bimotor para outro lado, na direção de Campo Grande. As crianças começaram a gritar. Já não havia dúvidas de que não chegaríamos ao aeroporto.

Ele conta como avisou a família que não iriam pousar e sim cair: 

Segundo depois, já perto do solo, os pilotos desligaram os motores. Foi então que se deu aquele silêncio estranho, que parece prenunciar a presença da morte, relatou.

Huck ainda contou que o avião colidiu três vezes no solo até parar e derrapar. Ele diz ter visto Angélica voar do assento e bater a cabeça e que, quando saíram do avião, a sensação era de transe, com todos sujos de terra:

As crianças choravam muito. Temi que Eva tivesse sofrido algum ferimento interno, ela reclamava de dores na barriga. Angélica andava em círculos, desesperada. Mais tarde, no hospital, descobrimos que eu fui o único passageiro a se machucar com mais gravidade. Quebrei a décima primeira vértebra.

Após meses do acidente, foram feitas investigações para descobrir o motivo da queda, e segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáutica, o avião não estava pronto para decolar e também havia falta de combustível - e, neste ano, o exame pericial foi concluído e mostrou que o piloto e o copiloto não tiveram culpa.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Kourtney Kardashian está noiva! O que você acha do relacionamento dela e de Travis Barker?

Obrigado! Seu voto foi enviado.