X

NOTÍCIAS

Publicada em 09/11/2021 às 12:00 | Atualizada em 09/11/2021 às 16:42

Projeto Patroas pode continuar mesmo após morte de Marília Mendonça e Murilo Huff compartilha vídeo emocionante da artista; veja!

Nos dar forças para levarmos o projeto Patroas pra frente, escreveu o produtor da iniciativa, Junior Campi, na legenda da publicação no Instagram

Da Redação

Divulgação-Montagem

O projeto Patroas, formado pela dupla Maiara e Maraisa e Marília Mendonça, pode ter continuidade! Isso porque o produtor, Junior Campi, compartilhou no Instagram na última segunda-feira, dia 8, uma publicação em que revela que vai levar a iniciativa para frente mesmo após a morte da cantora. 

Nossa líder. Nossa cabeça pensante em tudo.

Maiara e Maraisa, Deus vai nos abençoar e nos dar forças para levarmos o projeto Patroas pra frente e ela olhar lá de cima e ter orgulho do que estava sendo a maior realização da vida dela, escreveu Junior na legenda do post.  

Por sua vez, a assessoria de imprensa de Marília afirmou que a ideia ainda está sendo discutida e que nada está concreto ainda. 

A equipe também esclareceu o mal-entendido ocorrido no dia da morte da sertaneja, 5 de novembro, em que eles divulgaram, a principio, a informação de que os tripulantes da aeronave haviam sido resgatados com vida.

Em conhecimento do acidente, a assessoria de imprensa da artista buscou informações de fontes confiáveis. Estas informaram que estaria tudo bem e que todas as pessoas estavam sendo conduzidas ao hospital, somente para realizar procedimento padrão. Passados menos de 20 minutos, as mesmas notificaram a equipe sobre a fatalidade.

A notícia foi repassada, primeiramente, aos familiares das vítimas. Vale ressaltar que todas informações foram disponibilizadas sempre baseadas em fontes confiáveis. Em nenhum momento o equívoco foi intencional, sempre prezamos pela ética profissional e moral, afirmou o comunicado.   

Já o ex-namorado de Marília e pai de seu filho, Léo, Murilo Huff publicou um vídeo em seu perfil nas redes sociais na última segunda-feira, dia 8, um vídeo em que aparece em vários momentos ao lado da Rainha da Sofrência - os dois namoraram por quatro anos, entre muitas idas e vindas, o último rompimento aconteceu em setembro deste ano. 

A narrativa da gravação é feita pelo influenciador e escritor Caciano Kuffel e diz o seguinte: 

- Existem amores que não foram feitos para serem vividos. Foram feitos para serem guardados na memória e pela lembrança serem sentidos. Às vezes, o destino separa, mas só podemos agradecer o privilégio de termos podido viver o amor assim. E, por mais que doa não ficarmos para sempre com essa pessoa, ainda assim agradecemos a sorte de termos vivido algo verdadeiro como era pra ser. 

- Por mais que seja passageiro nunca vamos esquecer, porque uma gota desse amor muitas vezes é maior e mais intenso que um oceano de outros amores.

E Roberta Miranda, pioneira no sertanejo feminino, contou para o jornal Extra como conheceu Marília Mendonça - lembrando que a veterana passou mal ao saber da morte da artista e precisou ser atendida por médicos. 

Foi no palco (...) Foi lindo. Nunca tínhamos nos encontrado. Eu só a via falar de mim na internet, que eu era inspiração, ídola dela. Quando vi aquela coisinha, nos abraçamos e choramos muito. Era como se fosse uma sementinha minha, uma filha. 

Era esse legado que eu queria também. E ela assimilou isso de uma forma linda. Hoje, quem deixa esse legado para o empoderamento feminino é ela. 

Depois do show, ela me contou que tinha fumado dois maços de cigarro e bebido um litro de uísque de tão nervosa que estava com nosso encontro. Eu tinha muito amor por ela.  

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica fala de Príncipe Harry sobre as demissões na pandemia?

Obrigado! Seu voto foi enviado.