X

NOTÍCIAS

Publicada em 01/02/2022 às 13:49 | Atualizada em 01/02/2022 às 17:31

Rachel Zegler rebate ataques racistas por viver Branca de Neve: Serei uma princesa latina

O live-action do clássico Disney, com lançamento previsto para 2023, ainda terá Gal Gadot na pele da Bruxa Má

Da Redação

Divulgação

Apesar do glamour dos vestidos e da tiara, interpretar uma princesa não é nada fácil! Rachel Zegler lamentou os ataques racistas que vem recebendo desde que foi anunciada como a intérprete de Branca de Neve no live-action da Disney. Em conversa com Andrew Garfield à Variety, a atriz refletiu sobre as críticas e a importância de sua origem latina. 

Nunca, em um milhão de anos imaginei que isso seria uma possibilidade para mim. Você normalmente não vê Brancas de Neve que são descendentes de latinos. Mesmo a princesa fazendo um grande sucesso nos países de língua espanhola. Branca de Neve é uma grande personalidade, no desenho da Disney, no conto de fadas de Grimm e em todas as histórias que a acompanham. Mas você não vê pessoas que se parecem comigo escolhidas para esses papéis, disparou.

A atriz de Amor, Sublime Amor, nasceu nos Estados Unidos, mas foi criada em uma família de origens colombianas. Apesar dos comentários maldosos, ela revelou manter a positividade.

Quando foi anunciado, teve uma discussão enorme no Twitter por dias, todas as pessoas estavam com raiva. Precisamos amá-las da maneira certa. No final do dia, tenho um trabalho a fazer e estou muito animada. Posso ser uma princesa latina, finalizou.

O remake do clássico Disneycom lançamento previsto para 2023, ainda terá Gal Gadot na pele da Bruxa Má. Ansiosos?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Fernando Zor e Maiara voltam mais uma vez?

Obrigado! Seu voto foi enviado.