X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/03/2022 às 08:30 | Atualizada em 25/03/2022 às 08:30

José Loreto revela que ainda pensa em se casar novamente, entenda!

Curtindo, o ator ainda deixou claro que não está solteiro e nem namorando no momento

Da Redação

Divulgação

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDO, José Loreto anda compartilhando alguns momentos das gravações de Pantanal em suas redes sociais e recentemente chegou até a compartilhar uma foto com o bumbum de fora curtindo uma lago ao lado de Jesuíta Barbosa. E óbvio, os atores estão tendo uma gigantesca imersão e o resultado de tudo isso vai aparecer nas telinhas da Globo, na próxima segunda-feira, dia 28.

O ator acabou arrumando um tempinho em sua agenda agitada para conversar com Patrícia Kogut, do jornal O Globo, e comentou como está sendo deixar a vida de homem urbano para focar no cotidiano de um peão.

-  Foi no Pantanal que eu aprendi a ser peão mesmo. Eu ia para a lida com eles, tomávamos café juntos. Fui aprendendo e fazendo. No início, foi bem duro, porque não é algo natural. Está bem longe do meu universo. Saía de manhã e voltava depois do pôr do sol, lá pelas 19 horas. É um trabalho muito árduo. E nós, atores, ficamos numa casinha numa fazenda, afastada da sede. É muito inóspito. A gente andava sempre com medo de esbarrar sem querer num rabo de jacaré, numa cobra, num porco monteiro, por exemplo. Então, íamos com lanterna e facão, como os personagens. Ao final dos dois meses, estava laçando, tirando leite de vaca, limpando carne... Os peões falaram: Agora você é peão mesmo. Foi muito importante. O maior laboratório que já fiz para uma novela. 

José Loreto ainda deu mais detalhes sobre a trajetória de seu personagem que será bem complexo.

- Tadeu é filho do José Leôncio e da Filó. Ela segurou essa informação por um tempo e só disse a verdade quando a mulher dele levou o filho legítimo embora. Tadeu é nascido e criado no Pantanal, no lombo do cavalo do pai. Para ele, sempre foi uma relação normal. Ele não se sentia preterido. Chamava de padrinho, porque era um segredo guardado a sete chaves, mas, quando estava em casa ou na lida, havia um tratamento de pai e filho. Só que, depois de 20 anos, Jove volta. E isso desperta o ciúme do Tadeu. Ele vê o que gostaria de ter como olhar paterno e nunca teve. Então, questiona a mãe, despeja esses pensamentos nela. Ao mesmo tempo, esse pai padrinho é o herói dele, a maior referência de homem que tem

Além disso, ele deixa bem claro que os embates que vão rolar entre ele e seu irmão na trama vão ser bem intensos.

- Nasce o sentimento de competição pelo pai, mas não só isso. A primeira paixão do Tadeu, Guta, se liga logo no irmão. E ela vai sofrer, porque o Jove só quer saber da Juma. Tadeu meio que compra essa briga por ela. E eles numa hora se envolvem. Guta começa a olhar a nobreza e a delicadeza que o Tadeu tem por trás da casca grossa. 

E sobre a repercussão da foto envolvendo Jesuíta Barbosa, Loreto não faz rodeio e fala abertamente sobre a publicação e a amizade com o ator.

- Estávamos na casa do Almir Sater. Todo domingo a gente tentava curtir lá. Ele fazia feijoada. A gente ficava se banhando no rio. E nesta foto resolvemos tirar a sunga. Acho que precisamos acabar com esse preconceito, com esse pudor todo. Somos amigos, fazemos irmãos, temos afeto. Acho que é uma forma de quebrar padrões. Para nós, foi tão natural e leve. É até estranho repercutir assim. 

De acordo com a entrevista que o artista deu para Patrícia Kogut, ele não conseguiu abrir mão da tecnologia mesmo mantendo um contato muito próximo da natureza por um determinado período, mas isso tudo tinha um motivo porque é por meio do celular que Loreto mata a saudade que tem da filha, Bella, fruto de sua relação com Débora Nascimento.

 - Nesses dois meses no Pantanal, consegui voltar para casa quatro dias. Lembro da emoção do meu pai quando minha irmã voltou do intercâmbio. Tive essa sensação. Mas a Bella ficou superbem com a mãe. E minha família está sempre por perto também. Quero ter a oportunidade de, até o fim da novela, levá-la para lá.

O ator que está separado desde 2019, revelou que está em um novo relacionamento e que ainda pensa em casar novamente.

 - Eu não estou namorando nem solteiro. Ainda não namoro, mas não posso dizer que não tenho uma relação. Penso em me casar de novo, mas de outra forma. Quando casei, tinha 27 anos e a Débora, 26. Eu vou fazer 38. Carrego os aprendizados dessa relação e de outras. Hoje penso em casar com muita leveza, lá para frente, encontrando alguém que seja parceira. Sem os moldes antigos, que não cabem mais. Mas essa coisa é volúvel também. Hoje penso assim, mas a gente vai amadurecendo, trocando de opiniões e ideias.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você é igual ao Caio Castro no primeiro encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.