X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/05/2022 às 08:03 | Atualizada em 17/05/2022 às 08:19

Ex-namorada de Rafael Miguel desabafa após a prisão do pai: Mistura muito grande de sentimentos

Isabela Tibcherani falou sobre a prisão do pai, Paulo Cupertino, após três anos da morte do ator

Da Redação

Montagem-Divulgação

Após ser noticiada a prisão de Paulo Cupertino na última segunda-feira, dia 16, Isabela Tibcherani, ex-namorada de Rafael Miguel, se pronunciou sobre a prisão do pai, acusado pelo assassinato do ator e dos pais dele, João Alcisio Miguel e Miriam Selma Miguel, há três anos. 

Nas redes sociais, ela escreveu:

Fui informada do ocorrido. Não consigo falar muito respeito agora, mas quero agradecer a todas a mensagens e todo apoio. É uma mistura muito grande de sentimentos e agora preciso de espaço

Mais tarde, ela publicou outra mensagem nas redes sociais falando sobre o ocorrido:

A justiça de Deus não falha. Mais uma fase para superar, dessa vez com a cabeça erguida e sem me abater. Cheguei até aqui com garra e vou permanecer assim, porque tudo que sou é graças a minha fé, minha perseverança, minha força. E tudo isso vem de Deus. Obrigada por todas as mensagens de carinho e daqui para frente é só resolução e justiça. Vai dar certo sim, e não vai ser porque ninguém me ajudou e sim porque eu fiz acontecer.

Lembrando que Isabela e Rafael namoravam quando o crime aconteceu, em junho de 2019. Na época, ele, que tinha 22 anos, e seus pais, foram assassinados a tiros na Zona Sul de São Paulo. Segundo o Ministério Público, o empresário cometeu o crime contra a família porque não aceitava o namoro de Isabela, que tinha 18 anos na época, com o artista.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), os pais de Rafael ofereceram uma carona para Isabela, mas quando chegaram na porta da casa, foram surpreendidos pelo pai, que estava armado. Depois dos disparos, Cupertino fugiu. Ele é acusado de triplo homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e recurso que impossibilitou a defesa das vítimas. Desde então ele vinha sendo procurado pela polícia e era primeiro na lista de criminosos mais perigosos de São Paulo.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você é igual ao Caio Castro no primeiro encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.