X

NOTÍCIAS

Publicada em 19/05/2022 às 13:43 | Atualizada em 19/05/2022 às 13:43

Gisele Bündchen retorna para as capas de revista e revela ataques de pânico: Bebia uma garrafa de vinho por noite e fumava ininterruptamente

A modelo entregou que os médicos a avisaram que ela morreria se não fizesse mudanças drásticas em seu estilo de vida

Da Redação

Divulgação

A vida em frente aos holofotes pode ser puro glamour, mas quando as câmeras são desligadas diversas celebridades lutam secretamente contra os seus demônios internos. Gisele Bündchen, por exemplo, foi a modelo mais bem paga por 15 anos consecutivos e, apesar das mordomias, revelou que estava sofrendo de ansiedade e ataques de pânico. Longe das passarelas desde 2015, a loira fez o seu retorno às capas de revista posando para a Vogue britânica e entregou que os médicos a avisaram que ela morreria se não fizesse mudanças drásticas em seu estilo de vida.

Acho que me sinto melhor nos meus quarenta do que nos meus vinte. Todos nos dizem que a vida acaba aos 40 anos de idade e sinto que estou apenas começando. 

Durante a entrevista, Gisele falou sobre o casamento com Tom Brady e dispensou a ilusão de um relacionamento baseado no conto de fadas.

Nunca é o que as pessoas querem acreditar que é. Dá trabalho estar realmente em sincronia com alguém, especialmente depois que você tem filhos. O foco dele é na carreira dele, o meu é principalmente as crianças. E eu sou muito grata por ele me permitir tomar as rédeas quando se trata da nossa família. Ele acredita nas minhas decisões. Eu lembro, no começo, ele não era a favor da ideia do parto domiciliar. Ele estava tipo: Você não vai fazer isso, porque você vai morrer. Eu deixei claro que esse era o meu corpo e eu decidiria como daria à luz.

Bündchen ainda relembrou quando chegou ao fundo do poço porque bebia demais e fumava sem parar enquanto sofria de ansiedade.

Do lado de fora, parecia que eu tinha tudo e tinha apenas 22 anos de idade. Por dentro, parecia que tinha chegado ao fundo do poço, começava o dia com um mocha Frappuccino com chantilly e três cigarros, depois bebia uma garrafa de vinho todas as noites. Imagine o que isso estava fazendo com a minha mente.

Imediatamente, uma amiga da modelo indicou que ela procurasse ajuda de um naturopata, que prescreveu a desintoxicação. A eliminação de açúcar, grãos, laticínios, cafeína, álcool e cigarros de seu estilo de vida veio com intensos sintomas de abstinência, como explicou a estrela da passarela.

Acho que essas foram as piores enxaquecas que já tive na vida. O médico, ele era francês, me chamava de Adrenalina. Lembro-me dele dizendo: Bem, você quer viver? Era tão simples.

Eita!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Fernando Zor e Maiara voltam mais uma vez?

Obrigado! Seu voto foi enviado.