X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/08/2022 às 00:00 | Atualizada em 05/08/2022 às 12:41

Primeira produção latina do Lifetime, Amores que Enganam promete conquistar o público com Duda Nagle, Sophia Abrahão e Julia Gama

A série, que encara situações reais e cotidianas no amor, estreia neste sábado, dia 6

Livia Veiga

Divulgação

Intitulada Amores que Enganam, a nova série do Lifetime estreia neste sábado, dia 6. Cada capítulo será focado na história de uma mulher, encarando situações reais e cotidianas no amor, desilusões e confianças quebradas. A produção é a primeira que conseguiu juntar nomes de toda a América Latina em um elenco de peso que promete conquistar os espectadores. O primeiro episódio é a narrativa dos personagens brasileiros. Duda Nagle, Sophia Abrahão e Júlia Gama dão vida à trama de traições, ciúmes e perigo. No bate-papo que o ESTRELANDO participou com os atores, o marido de Sabrina Sato revelou que eles tiveram poucos dias para gravarem em Guadarajara, no México.

- Vivemos momentos muito intensos. A gente tinha pouco tempo para gravar. A gente gravou um filme de televisão em uma semana, em várias locações diferentes, com uma mistura de cultuas que teve um tempero todo especial. Foi uma experiência muito inusitada e interessante.

Na trama, Amanda, personagem de Sophia, decide viajar para longe do ex-noivo, César, vivido por Gutemberg Brito. Ela e a amiga, interpretada por Julia Gama, vão para um resort onde conhecem Patrick, vivido por Duda Nagle, um homem bonito e de ótima posição social. Apesar da paixão arrebatadora, Amanda ainda tem sentimentos por César e acaba decidindo voltar com o relacionamento, o que deixa Patrick nada feliz.

- A série é um chamado, é um recado para situações que infelizmente acontecem, relacionamentos abusivos, relacionamentos tóxicos, então me perguntaram lá no México o que eu esperava da série e eu respondi: Livrar a mulherada que está assistindo a série para a gente já vai ser missão cumprida, revelou Sophia Abrahão.

O personagem de Duda então se mostra ciumento e desequilibrado, o que o leva a tomar decisões drásticas que podem colocar a vida de sua amada em perigo, apenas para impedi-la de ficar com César. No bate-papo, Abrahão também contou que a personagem é ingênua e romântica, por isso acaba se colocando em situações perigosas sem nem ao menos perceber.

- O meu personagem [Patrick] participa duplamente do título da série, porque ele vive um transtorno mental muito intenso. Então ele se engana com a própria leitura da realidade, ele não pode confiar nem no que os próprios olhos veem, e ele obviamente usa isso como combustível para cometer os abusos dele, ele vive um caos, é uma pessoa que está sofrendo muito e com esse sofrimento mal digerido ele acaba fazendo mal para todo mundo envolta dele, contou Duda.

Tudo foi gravado no México e em alguns lugares de Miami, nos Estados Unidos. Os atores ainda contaram que foram bem recebidos por toda a equipe da produção. Duda, inclusive, disse que os mexicanos e venezuelanos também tem algumas coisas parecidas com os brasileiros e aquele calor característico não faltou no set.

Ter brasileiros em uma produção latino-americana não é a única novidade!

Amores que Enganam teve uma produção de aproximadamente 70% de mulheres comandando tudo, em todas as áreas - o que parece ter deixado Sophia muito feliz.

- Quando eu cheguei lá e puder ver a equipe, que tinha muitos componentes femininos, principalmente componentes em uma hierarquia alta, postos hierárquicos altos ocupados por mulheres, isso me deixou extremamente feliz. Mulheres fortes, mulheres habilidosas, foi um orgulho, admitiu a intérprete de Amanda.

Para Julia, a história envolver relacionamentos abusivos e tóxicos é um assunto que precisa ser trazido à tona e tratado com a devida atenção. A Miss Universo acredita que é preciso autoconhecimento para não deixar que as relações ruins afetem as novas.

- Como mulher, não passei imune disso, de assédios, de também estar em relacionamentos tóxicos, e eu acredito que a chave para passar por tudo isso, mas sem deixar que isso nos bloqueie de viver as coisas bonitas do amor, das relações, é realmente o autoconhecimento, investir em terapias. Hoje em dia, com as redes sociais, a gente também sabe de comunidades on-line onde as pessoas podem desabafar, ambientes onde também se faz uma terapia em grupo.

E parece que, de fato, os atores estão ansiosos com a estreia. Sophia garantiu que o público vai querer assistir ao episódio composto pelos brasileiros, mas também vai querer acompanhar todos os outros dez episódios que serão lançados semanalmente.

- Eu adorei [o formato de episódio isolados], é uma maneira muito bacana da gente fazer um projeto, uma série, sem necessariamente o público precisar assistir a série toda. Se o público brasileiro se interessar pelo primeiro episódio que tem esse elenco brasileiro, ele pode assistir isoladamente só esse primeiro episódio. Mas eu tenho certeza que se assistirem, vão querer ver o resto da série porque vão se identificar e vão gostar.

E aí, ansiosos para a estreia?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você é igual ao Caio Castro no primeiro encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.