X

NOTÍCIAS

Publicada em 18/04/2023 às 12:51 | Atualizada em 18/04/2023 às 12:51

Karen Bachini testa batom de Virginia Fonseca e faz críticas ao produto: - Não está belo

A maquiadora profissional fez uma avaliação detalhada em novo vídeo

Da Redação

Divulgação

Após causar com um vídeo testando a base da Wepink, Karen Bachini decidiu usar o batom da linha de maquiagens de Virginia Fonseca e voltou a se tornar um dos assuntos mais comentados da web. Após a esposa de Zé Felipe soltar uma alfinetada sobre as críticas feitas aos seus cosméticos, a maquiadora profissional fez a sua avaliação do produto labial. 

- Eu fiquei meio confusa nas fotos de divulgação do batom, porque ele é um batom líquido, e em algumas fotos ele estava seco e em outras ele tinha brilho. Então eu não sei exatamente o que é. Quando você passa ele, parece até um vinil, de tão líquido, mas ele está secando aqui.

Achou a cor bonita e elogiou a pigmentação, mas disse que o batom salienta muito as linhas finas dos lábios. Após confessar que ele não tinha o aspecto totalmente matte como afirmava a descrição e que ele saia quando os lábios se encostavam, a influenciadora decidiu esfoliar a boca para testar novamente.

- Não está belo, né? Não está. Gente, eu fiz um outro teste desse batom com a boca bem esfoliada, bem hidratada, aí eu esperei uns cinco minutos, passei um batom, eu achei que está bem melhor que o anterior, ele está assim, já tem uma hora que eu estou usando, mas ele começou a sair aqui. 

Karen ainda fez uma análise mais aprofundada do produto de Virginia:

- O que eu percebi, esse batom é bem vinílico quando você passa, não pode passar uma segunda camada, porque esse foi o meu erro na primeira aplicação. Essa camada não secou. Então você precisa fazer uma camada fina, porque o batom é muito pigmentado, e deixar ela. Errei e não consertei a tempo? Não dá para passar uma segunda camada, porque ele não aceita. Ele vai saindo bem mais rápido do que eu esperava. Se eu tivesse com outro batom nacional, acho que ele não teria saído tanto. 

E ainda mostrou o dedo manchado de vermelho após passá-lo em seus lábios:

- Ele não estava transferindo, mas eu comi e agora ele está transferindo. Ele não me traz o conforto que eu gostaria para diminuir a duração do tempo de uso dele. Se ele fosse um batom hidratante, em bala, que duraria mais ou menos o mesmo tempo. Ele não é um produto absolutamente ruim se você souber usar, passar uma camada fina, for tomando conta. 

Karen ainda revelou que pretende testar outras cores do batom da Wepink para saber como será o desempenho delas. 

A seguir, veja as maiores polêmicas da esposa de Zé Felipe!


Por fim, houve ainda a briga judicial entre Virginia e Rezende. Isso porque, logo depois que assumiu o namoro com Zé Felipe, a influenciadora decidiu romper contrato com a antiga agência - que, por sinal, era de seu ex-namorado, Rezende. Hoje em dia, ela é sua própria chefe e criou a Talismã Digital.
  • Divulgação -
    @virginia
  • Divulgação -
    @virginia
  • Divulgação -
    @wepink.br
  • Divulgação -
    @virginia

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Com a final do BBB24, qual bordão você vai levar para a sua vida?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Karen Bachini testa batom de Virginia Fonseca e faz críticas ao produto: <i>- Não está belo</i>

Karen Bachini testa batom de Virginia Fonseca e faz críticas ao produto: - Não está belo

A maquiadora profissional fez uma avaliação detalhada em novo vídeo

18/Abr/2023

Da Redação

Após causar com um vídeo testando a base da Wepink, Karen Bachini decidiu usar o batom da linha de maquiagens de Virginia Fonseca e voltou a se tornar um dos assuntos mais comentados da web. Após a esposa de Zé Felipe soltar uma alfinetada sobre as críticas feitas aos seus cosméticos, a maquiadora profissional fez a sua avaliação do produto labial. 

- Eu fiquei meio confusa nas fotos de divulgação do batom, porque ele é um batom líquido, e em algumas fotos ele estava seco e em outras ele tinha brilho. Então eu não sei exatamente o que é. Quando você passa ele, parece até um vinil, de tão líquido, mas ele está secando aqui.

Achou a cor bonita e elogiou a pigmentação, mas disse que o batom salienta muito as linhas finas dos lábios. Após confessar que ele não tinha o aspecto totalmente matte como afirmava a descrição e que ele saia quando os lábios se encostavam, a influenciadora decidiu esfoliar a boca para testar novamente.

- Não está belo, né? Não está. Gente, eu fiz um outro teste desse batom com a boca bem esfoliada, bem hidratada, aí eu esperei uns cinco minutos, passei um batom, eu achei que está bem melhor que o anterior, ele está assim, já tem uma hora que eu estou usando, mas ele começou a sair aqui. 

Karen ainda fez uma análise mais aprofundada do produto de Virginia:

- O que eu percebi, esse batom é bem vinílico quando você passa, não pode passar uma segunda camada, porque esse foi o meu erro na primeira aplicação. Essa camada não secou. Então você precisa fazer uma camada fina, porque o batom é muito pigmentado, e deixar ela. Errei e não consertei a tempo? Não dá para passar uma segunda camada, porque ele não aceita. Ele vai saindo bem mais rápido do que eu esperava. Se eu tivesse com outro batom nacional, acho que ele não teria saído tanto. 

E ainda mostrou o dedo manchado de vermelho após passá-lo em seus lábios:

- Ele não estava transferindo, mas eu comi e agora ele está transferindo. Ele não me traz o conforto que eu gostaria para diminuir a duração do tempo de uso dele. Se ele fosse um batom hidratante, em bala, que duraria mais ou menos o mesmo tempo. Ele não é um produto absolutamente ruim se você souber usar, passar uma camada fina, for tomando conta. 

Karen ainda revelou que pretende testar outras cores do batom da Wepink para saber como será o desempenho delas. 

A seguir, veja as maiores polêmicas da esposa de Zé Felipe!