X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/11/2023 às 01:00 | Atualizada em 01/11/2023 às 18:41

Pedro Goifman revela inspiração para personagem em B.A.: O Futuro Está Morto: - Estudei muito o Cazuza

O ator conversou com o ESTRELANDO sobre a nova série HBO Max

Larissa Isabella

Divulgação

Quem está sempre ligado nas novidades do mundo das séries, com certeza já ouviu sobre B.A. : O Futuro Está Morto, da HBO Max. A trama brasileira traz no elenco muitos jovens que estão conquistando as telinhas e um deles é Pedro Goifman, com quem o ESTRELANDO conversou. O ator falou sobre sua experiência e influências para o personagem, confira a seguir!

Pedro começou o bate-papo revelando que enquanto fazia os testes para a série ele se via no papel de Ariel e não de Thomaz. Inclsuive, Benjamin Damini chegou a conversar com ele falando que preferia fazer o que no final das contas ficou com Goifman. 

Contudo, depois que foram decididos os personagens e leu o roteiro inteiro, Pedro percebeu que se encaixava perfeitamente como Thomaz. 

- Depois que eu li o roteiro inteiro eu falei: tá, entendi, é meu esse personagem. Foi maravilhoso esse processo, fiquei muito feliz de poder dar a vida a esse personagem que veio de um quadrinho que é maravilhoso.

A série B.A.: O Futuro Está Morto é a adaptação de uma história em quadrinhos, intitulada Beijo Adolescente. O ator revelou que já conhecia a trama. Ainda como forma de se preparar para viver Thomaz, ele contou ter ouvido todas as músicas de Cazuza e ter se reapaixonando por elas:

- É uma adaptação livre, então tem muita diferença da série. E a série está maravilhosa. Me apaixonei completamente por ela, li o quadrinho muitas vezes para ler o Thomaz, mas também tentando dar um distanciamento. Pensei muito no Cazuza para construir esse personagem, estudei muito o Cazuza, ouvi todas as músicas, David Bowie, esses rock stars.

Mostrando que está no set para gravar o que precisar, Goifman deu uma de Tom Cruise e dispensou dublês nas cenas de ação que vivia:

- Tinha um dublê lá, vestido igual eu, mas eu pedi para fazer todas as cenas de ação e fiz. Depois de muita insistência. Todas as cenas que tem na série sou eu mesmo. Isso foi muito divertido. 

O ator contou no bate-papo que muitas cenas ganharam um lugarzinho especial em seu coração. Mas a primeira foi a mais impactante por alguns motivos:

- A primeira cena gravada foi coincidentemente a primeira cena do meu personagem. Foi muito maravilhoso. É uma cena com uma carga dramática alta, mas foi uma cena muito boa de gravar, me senti muito bem, senti que a equipe estava em boa sintonia. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual notícia mais te surpreendeu nos últimos dias?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Pedro Goifman revela inspiração para personagem em <I>B.A.: O Futuro Está Morto: - Estudei muito o Cazuza</I>

Pedro Goifman revela inspiração para personagem em B.A.: O Futuro Está Morto: - Estudei muito o Cazuza

27/Fev/

Quem está sempre ligado nas novidades do mundo das séries, com certeza já ouviu sobre B.A. : O Futuro Está Morto, da HBO Max. A trama brasileira traz no elenco muitos jovens que estão conquistando as telinhas e um deles é Pedro Goifman, com quem o ESTRELANDO conversou. O ator falou sobre sua experiência e influências para o personagem, confira a seguir!

Pedro começou o bate-papo revelando que enquanto fazia os testes para a série ele se via no papel de Ariel e não de Thomaz. Inclsuive, Benjamin Damini chegou a conversar com ele falando que preferia fazer o que no final das contas ficou com Goifman. 

Contudo, depois que foram decididos os personagens e leu o roteiro inteiro, Pedro percebeu que se encaixava perfeitamente como Thomaz. 

- Depois que eu li o roteiro inteiro eu falei: tá, entendi, é meu esse personagem. Foi maravilhoso esse processo, fiquei muito feliz de poder dar a vida a esse personagem que veio de um quadrinho que é maravilhoso.

A série B.A.: O Futuro Está Morto é a adaptação de uma história em quadrinhos, intitulada Beijo Adolescente. O ator revelou que já conhecia a trama. Ainda como forma de se preparar para viver Thomaz, ele contou ter ouvido todas as músicas de Cazuza e ter se reapaixonando por elas:

- É uma adaptação livre, então tem muita diferença da série. E a série está maravilhosa. Me apaixonei completamente por ela, li o quadrinho muitas vezes para ler o Thomaz, mas também tentando dar um distanciamento. Pensei muito no Cazuza para construir esse personagem, estudei muito o Cazuza, ouvi todas as músicas, David Bowie, esses rock stars.

Mostrando que está no set para gravar o que precisar, Goifman deu uma de Tom Cruise e dispensou dublês nas cenas de ação que vivia:

- Tinha um dublê lá, vestido igual eu, mas eu pedi para fazer todas as cenas de ação e fiz. Depois de muita insistência. Todas as cenas que tem na série sou eu mesmo. Isso foi muito divertido. 

O ator contou no bate-papo que muitas cenas ganharam um lugarzinho especial em seu coração. Mas a primeira foi a mais impactante por alguns motivos:

- A primeira cena gravada foi coincidentemente a primeira cena do meu personagem. Foi muito maravilhoso. É uma cena com uma carga dramática alta, mas foi uma cena muito boa de gravar, me senti muito bem, senti que a equipe estava em boa sintonia.