X

NOTÍCIAS

Publicada em 16/11/2023 às 12:30 | Atualizada em 16/11/2023 às 12:42

Empregada acusa Neymar Jr. de exploração trabalhista e pede indenização de dois milhões de reais

A brasileira, de 35 anos de idade, trabalhou com o jogador em Paris, na França

Da Redação

The Grosby Group

Mais uma polêmica para conta de Neymar Jr.. Segundo informações do jornal frânces Le Parisien, uma brasileira, de 35 anos de idade, fez uma denúncia ao tribunal trabalhista de Saint-Germain-en-Laye, em Paris, na França, contra o jogador. 

A empregada alega que foi contratada ilegalmente em janeiro de 2021 e que trabalhou com Neymar até outubro de 2022. Nesse tempo, teria feito uma carga excessiva de trabalho durante sete dias na semana, além de nunca ter sido paga por nenhuma hora extra. Além disso, a mulher vivia na França sem visto e recebia o salário em espécie, pois assim, supostamente, o jogador evitava declarar-lá como funcionária ao sistema fiscal do país. 

Em seu relato, ela conta que precisou trabalhar até 15 dias antes do nascimento prematuro de seu quarto filho e não recebeu nenhum tipo de auxílio quanto ao acompanhamento médico. A empregada teria finalizado seu acordo com a equipe do jogador após o parto, sem receber qualquer ajuda. 

Por isso, ela pede que o craque lhe pague uma indenização no valor de 368 mil euros, cerca de dois milhões de reais.

O ESTRELANDO entrou em contato com a assessoria de imprensa do craque, mas ainda não obteve resposta.  

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual filho de Kate Middleton e Príncipe William você acha mais fofo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Empregada acusa Neymar Jr. de exploração trabalhista e pede indenização de dois milhões de reais

Empregada acusa Neymar Jr. de exploração trabalhista e pede indenização de dois milhões de reais

19/Mai/

Mais uma polêmica para conta de Neymar Jr.. Segundo informações do jornal frânces Le Parisien, uma brasileira, de 35 anos de idade, fez uma denúncia ao tribunal trabalhista de Saint-Germain-en-Laye, em Paris, na França, contra o jogador. 

A empregada alega que foi contratada ilegalmente em janeiro de 2021 e que trabalhou com Neymar até outubro de 2022. Nesse tempo, teria feito uma carga excessiva de trabalho durante sete dias na semana, além de nunca ter sido paga por nenhuma hora extra. Além disso, a mulher vivia na França sem visto e recebia o salário em espécie, pois assim, supostamente, o jogador evitava declarar-lá como funcionária ao sistema fiscal do país. 

Em seu relato, ela conta que precisou trabalhar até 15 dias antes do nascimento prematuro de seu quarto filho e não recebeu nenhum tipo de auxílio quanto ao acompanhamento médico. A empregada teria finalizado seu acordo com a equipe do jogador após o parto, sem receber qualquer ajuda. 

Por isso, ela pede que o craque lhe pague uma indenização no valor de 368 mil euros, cerca de dois milhões de reais.

O ESTRELANDO entrou em contato com a assessoria de imprensa do craque, mas ainda não obteve resposta.