X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/04/2024 às 12:40 | Atualizada em 12/04/2024 às 12:40

Fausto Silva tem alta hospitalar após novo transplante, diz boletim médico

Contudo, o apresentador seguirá sob orientações médicas

Da Redação

Divulgação

Boas notícias! Após mais de 50 dias internado no Hospital Albert Einstein por conta do novo transplante, Fausto Silva recebeu alta nesta sexta-feira, dia 12.

O ESTRELANDO recebeu o boletim médico - assinado pelo nefrologista, cardiologista e diretor médico - afirmando que o apresentador continuará recebendo orientações médicas mesmo em casa.

Fausto Silva recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein nesta sexta-feira, dia 12 de abril de 2024. O paciente seguirá sob orientações médicas.

Vale lembrar que Fausto foi internado em  25 de fevereiro deste ano, por conta do agravamento da doença renal, sendo necessário passar por um novo transplante, dessa vez do rim.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da visita de Ryan Reynolds e Hugh Jackman no Brasil?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Fausto Silva tem alta hospitalar após novo transplante, diz boletim médico

Fausto Silva tem alta hospitalar após novo transplante, diz boletim médico

21/Jul/

Boas notícias! Após mais de 50 dias internado no Hospital Albert Einstein por conta do novo transplante, Fausto Silva recebeu alta nesta sexta-feira, dia 12.

O ESTRELANDO recebeu o boletim médico - assinado pelo nefrologista, cardiologista e diretor médico - afirmando que o apresentador continuará recebendo orientações médicas mesmo em casa.

Fausto Silva recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein nesta sexta-feira, dia 12 de abril de 2024. O paciente seguirá sob orientações médicas.

Vale lembrar que Fausto foi internado em  25 de fevereiro deste ano, por conta do agravamento da doença renal, sendo necessário passar por um novo transplante, dessa vez do rim.