X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/05/2024 às 15:18 | Atualizada em 14/05/2024 às 15:18

Após Zé Felipe fazer revelação sobre primeira vez, Leonardo é alvo de críticas na web

Internautas culparam o cantor pelo filho ter perdido a virgindade tão cedo

Da Redação

Montagem-AgNews

Leonardo está sendo detonado na internet após Zé Felipe, seu filho, revelar que perdeu a virgindade aos 12 anos de idade com uma garota de programa. O marido de Virginia contou sua experiência durante o Sabadou, programa da esposa no SBT. 

Então, a web deduziu que o responsável por proporcionar a experiência para Zé Felipe tenha sido seu próprio pai. 

Como você viu aqui no ESTRELANDO, o pai das Marias foi questionado por Lucas Guedes sobre o episódio em sua vida. Zé não quis entrar em muitos detalhes, mas Virginia insistiu para Zé contar com quem foi, e a resposta do cantor a deixou chocada, já que a mulher era uma garota de programa: 

— Não sei o nome dela, ela era p***a, uai. 

Foi aí que os internautas começaram as críticas a Leonardo:

Já até vejo a cena: o Leonardo levando o Zé Felipe para conhecer a garota de programa, pagando pelo serviço para que o filho soubesse desde cedo a ser macho, escreveu um internauta no X, antigo Twitter. 

O pai leva o filho de 12 anos para perder a virgindade com um GP, mas a Madonna que é devassa? Esse é o perfil da família tradicional, querem os prazeres só para eles, morre de inveja de quem tem coragem de ser quem é, e não precisa fazer escondido como por exemplo trair a esposa, opinou outra pessoa no Instagram, de acordo com o jornal Metrópoles

Vale destacar que o Estatuto da Criança e do Adolescente considera que crianças são pessoas de até 12 anos de idade e que adolescentes são dos 14 aos 18 anos. E o crime específico de estupro de vulnerável abarca todas as crianças e adolescentes até os 14 anos. Nessas situações não cabe analisar o consentimento da vítima - justamente por considerá-las vulneráveis. 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual dos últimos acontecimentos do mundo dos famosos mexeu mais com você?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Após Zé Felipe fazer revelação sobre primeira vez, Leonardo é alvo de críticas na <i>web</i>

Após Zé Felipe fazer revelação sobre primeira vez, Leonardo é alvo de críticas na web

18/Jul/

Leonardo está sendo detonado na internet após Zé Felipe, seu filho, revelar que perdeu a virgindade aos 12 anos de idade com uma garota de programa. O marido de Virginia contou sua experiência durante o Sabadou, programa da esposa no SBT. 

Então, a web deduziu que o responsável por proporcionar a experiência para Zé Felipe tenha sido seu próprio pai. 

Como você viu aqui no ESTRELANDO, o pai das Marias foi questionado por Lucas Guedes sobre o episódio em sua vida. Zé não quis entrar em muitos detalhes, mas Virginia insistiu para Zé contar com quem foi, e a resposta do cantor a deixou chocada, já que a mulher era uma garota de programa: 

— Não sei o nome dela, ela era p***a, uai. 

Foi aí que os internautas começaram as críticas a Leonardo:

Já até vejo a cena: o Leonardo levando o Zé Felipe para conhecer a garota de programa, pagando pelo serviço para que o filho soubesse desde cedo a ser macho, escreveu um internauta no X, antigo Twitter. 

O pai leva o filho de 12 anos para perder a virgindade com um GP, mas a Madonna que é devassa? Esse é o perfil da família tradicional, querem os prazeres só para eles, morre de inveja de quem tem coragem de ser quem é, e não precisa fazer escondido como por exemplo trair a esposa, opinou outra pessoa no Instagram, de acordo com o jornal Metrópoles

Vale destacar que o Estatuto da Criança e do Adolescente considera que crianças são pessoas de até 12 anos de idade e que adolescentes são dos 14 aos 18 anos. E o crime específico de estupro de vulnerável abarca todas as crianças e adolescentes até os 14 anos. Nessas situações não cabe analisar o consentimento da vítima - justamente por considerá-las vulneráveis.