X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/03/2020 às 11:33 | Atualizada em 06/03/2020 às 11:41

Demi Lovato conta que sua antiga equipe a proibia de comer e revela o que a fez voltar a consumir drogas e álcool

A cantora abriu o jogo sobre diversas questões pessoais durante o programa The Ellen DeGeneres Show, divulgado na última quinta-feira, dia 5

Divulgação

Desde que voltou a ativa após um longo período afastada da música devido a uma overdose sofrida em 2018, Demi Lovato tem se mostrado muito aberta para falar sobre diversos assuntos delicados a respeito de sua vida pessoal. Em entrevista para o The Ellen DeGeneres Show, divulgada na última quinta-feira, dia 5a cantora abriu o jogo sobre seu distúrbio alimentar, mencionando inclusive a influência de sua antiga equipe no problema.

- Acabei de saber hoje que quando você veio nos últimos seis anos  - você não está mais com essa equipe -, mas havia uma equipe que costumava lidar com tudo antes de você chegar aqui. Eles eram instruídos a esconder todo o açúcar e guardar tudo para que, quando você chegasse ao seu camarim, mesmo nos bastidores, não houvesse açúcar por perto. Você sabia que isso estava acontecendo?, questionou Ellen DeGeneres durante o programa.

Demi assentiu, relembrando na sequência suas experiências com a antiga equipe.

- Eu não sabia disso até hoje também. Mas vivi uma vida nos últimos seis anos que sinto como se não fosse a minha. Porque eu lutei muito contra o distúrbio alimentar, sim, e esse era o meu principal problema e depois se transformou em outras coisas, mas a minha vida, eu senti que era - eu odeio usar essa palavra - mas senti que era controlada por tantas pessoas ao meu redor, lamentou.

Aos 27 anos de idade, Demi começou sua carreira muito cedo e citou alguns exemplos chocantes das ações dos funcionários.

- Se eu estivesse num quarto de hotel à noite, eles tirariam o telefone do quarto para que eu não pudesse ligar para o serviço de quarto, ou se houvesse frutas no meu quarto, eles as tirariam porque isso é açúcar extra. Não estamos falando de brownies, biscoitos, balas e coisas assim, estamos falando de frutas, relembrou.

De acordo com Demi, por muitos anos, ela não teve nem mesmo um bolo de aniversário. Tudo o que ela poderia comer após assoprar as velinhas, era um bolo de melancia com chantilly sem gorduraA situação apenas teria mudado com a demissão da antiga equipe e a assinatura de um contrato com Scooter Braun, empresário que também cuida da carreira de artistas como Justin Bieber e Ariana Grande. 

- Este ano, quando fiz 27 anos de idade e já com minha nova equipe, Scooter Braun, meu empresário, me deu o melhor bolo de aniversário e passei com Ariana Grande, que é uma das minhas boas amigas, e acabamos tendo o melhor aniversário. Só me lembro de chorar porque finalmente estava comendo bolo com um empresário que não precisava de nada de mim e que me amava por eu ser quem eu sou e apoiava minha jornada, contou.

A cantora alertou sobre o controle que sua antiga equipe tinha sobre ela e como isso foi um dos fatores determinantes para que ela voltasse a consumir álcool e drogas.

- Acho que, em algum momento, torna-se perigoso tentar controlar a comida de alguém quando ele se recupera de um distúrbio alimentar. Eu fiquei sóbria aos 19 anos, numa idade em que não tinha permissão legal para beber. Eu recebi a ajuda de que precisava na época e adotei uma solução, que se resumia à sobriedade total.

Demi contou que, enquanto se mantinha longe das drogas e das bebidas, seu distúrbio alimentar piorava cada vez mais.

- Eu pedia ajuda e eu não recebia a ajuda de que precisava, afirmou, explicando que a estratégia da equipe de impedir seu contato com a comida só piorava as coisas. Não tinha outro jeito: o colapso veio! Eu estava presa nessa posição infeliz, estava sóbria e pensando: Estou seis anos sóbria, mas estou infeliz. Estou ainda mais infeliz do que quando estava bebendo. Por que estou sóbria?

E continua, dizendo: 

- Enviei uma mensagem e entrei em contato com as pessoas que estavam na equipe [falando que largaria a sobriedade] e elas responderam tipo: Você está sendo muito egoísta, isso arruinaria as coisas não apenas para você, mas também para nós. Quando ouvi isso - meus principais problemas são o abandono do meu pai biológico quando criança - eu me senti completamente abandonada, então bebi. Naquela noite, fui a uma festa e havia outras coisas lá, e foram apenas três meses antes de eu acabar no hospital com uma overdose, relatou

Por fim, Demi mandou uma mensagem às pessoas que passaram ou estão por problemas semelhantes aos que ela viveu.

- Finalmente, tomei as decisões que me levaram aonde estou hoje, foram minhas ações que me colocaram na posição em que estou. Eu acho importante que eu me sente aqui neste palco e diga a você em casa, ou a você na plateia, que se você passar por isso, poderá enfrentar isso, e poderá chegar ao outro lado... Desde que você assuma a responsabilidade, poderá passar por ela e aprender a se amar da maneira que merece ser amado, concluiu Demi.

Assista, em inglês, ao vídeo: 


Ainda no programa, Demi também falou sobre seu nome single I Love Me, que foi lançado nesta sexta-feira, dia 6! A canção, bem animada e com muitos high notes, aborda justamente a questão do amor próprio. Que tudo, né?

A seguir, relembre os famosos que já foram para a rehab.


Demi Moore foi internada no começo de 2012 em uma clínica para o tratamento contra distúrbios alimentares e uso de medicamentos controlados.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Com quem Ritinha deverá ficar no final de A Força do Querer?

Obrigado! Seu voto foi enviado.