X

NOTÍCIAS

Publicada em 11/02/2010 às 07:56 | Atualizada em 07/05/2015 às 23:01

John Mayer: Declaração considerada racista causa polêmica

Da Redação

John Mayer fez revelações quentíssimas durante entrevista para a revista Playboy norte-americana. O cantor de 32 anos falou sobre sua vida sexual e fez um comentário para lá de curioso, elogiando o desempenho de Jessica Simpson nos momentos de intimidade.

- Aquela garota, para mim, é como uma droga. E drogas não são boas para você se você as consome muito. Sim, esta garota é como cocaína para mim. [...] Sexualmente era louco. É tudo o que eu digo. Era explosivo, sexualmente explosivo.

Para quem não sabe, Mayer e Jessica namoraram em 2006. O casal fez barulho entre os paparazzi, que gostavam de acompanhar a vida de ambos de pertinho. O cantor, depois, passou por situação semelhante ao se envolver com Jennifer Aniston entre 2008 e 2009, em um relacionamento cheio de idas e vindas.

Falando na eterna Rachel do seriado Friends, Mayer revela que o fato de ele gostar bastante de tecnologia digital foi um dos fatores que atrapalhou o namoro. Enquanto ela não entende nada de redes sociais, o cantor adora o Twitter. E mesmo já fazendo um tempo que o casal não está mais junto, o moreno afirma que ela é a mulher mais comunicativa, doce e gentil e que continua a amando.

- Sempre vou lamentar por não ter durado. De algumas formas desejo poder estar com ela. Mas não posso mudar o fato de que preciso ter 32 anos.

Sobre ter 32 anos, entenda curtir a vida, leitor. Aliás, sempre creditam uma fama de pegador para John Mayer, o que ele não gosta nem um pouco. Segundo suas palavras, um pegador não namoraria por tantos meses a mesma mulher como tem sido seus últimos relacionamentos.

Mayer contou ainda mais que odeia términos de namoro – principalmente quando é ele quem tem que dar o fora -, e que nem sempre escreve sobre suas ex nas letras das músicas.

Porém, a declaração mais polêmica da entrevista veio quando o repórter da Playboy questionou se ele é muito assediado por mulheres negras. A resposta?

- Não acho que dou abertura para isso. Meu pênis é meio que um supremacista branco. Tenho um coração multicolorido e um pênis de David Duke (político nacionalista que prega a supremacia branca e já foi membro da Ku Klux Klan).

Por conta disto e outros comentários tidos como racistas, a imprensa criticou Mayer que fez questão de se desculpar por meio de sua conta no Twitter

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

De que lado você está na briga entre Zezé Di Camargo e Zilu Camargo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.