X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/03/2017 às 10:32 | Atualizada em 20/03/2017 às 11:14

Kim Kardashian conta detalhes alarmantes sobre o roubo que sofreu em Paris, confira!

O reality Keeping Up with the Kardashians também mostrou os depoimentos dos familiares sobre o caso

Da Redação

Divulgação

O roubo que Kim Kardashian sofreu em Paris realmente foi uma experiência traumática, não é mesmo? Mas ninguém imaginava o quanto isso teve impacto no psicológico da socialite. Segundo informações do site norte-americano People, o episódio de Keeping Up with the Kardashians deste último domingo, dia 19, trouxe à tona mais detalhes alarmantes sobre o caso, contados pela própria Kim com o auxílio dos depoimentos das irmãs e da mãe, Kris Jenner.

- Eu comecei a chamar por alguém, falando Olá, Olá, Olá! e ninguém me respondeu. Meu coração começou a ficar tenso. Sabe quando você sente um frio no estômago e pensa O que está acontecendo? Eu sabia que algo não estava certo, começou a morena.

A Kardashian também citou que teve medo de ser abusada durante o roubo.

- Ele pegou as minhas pernas - eu não tinha vestido nada ali embaixo - e me puxou em direção a ele na frente da cama e eu pensei: Ok, agora é a hora em que ele vai me estuprar. Eu me preparei psicologicamente, mas ele não fez nada. Ele colou as minhas pernas com fita e apontou a arma para mim, e eu sabia que ele iria atirar na minha cabeça. Eu comecei a rezar para que Kourtney tivesse uma vida normal depois de encontrar o meu corpo na cama. Eu tenho uma família. Tenho meus filhos e meu marido, minha mãe, eu não iria sair de lá. Eu sei como essas coisas funcionam. Mas aí ele me pegou, me colocou no banheiro e fugiu. E tudo que foi roubado é substituível. Nada daquilo importava. 

A mãe, Kris Jenner, também contou suas impressões sobre aquela noite.

- Ser acordada no meio da noite com aquela ligação foi provavelmente uma das piores noites da minha vida. Enquanto eu falava com ela, tentava acordar todo mundo. Estava em choque e muito triste. Eu mal posso começar a explicar as emoções que tive quando recebi a ligação da minha filha completamente histérica porque tinha sido roubada. Quando cheguei em seu hotel, me lembro de colocar meus braços ao redor de Kim e pensar: Ela está viva. Estávamos tão traumatizados que saímos de Paris mesmo antes do sol nascer. Só pensar em perder Kim é algo assustador e difícil de superar. É triste que tudo isso tenha sido em Paris, uma cidade que amamos e temos muitas memórias boas. Isso quebra o meu coração.

Kourtney Kardashian, que estava com Kim no dia, também disse que recebeu uma ligação da irmã assustada.

- Às três da manhã eu estava em uma boate e recebi uma mensagem. Depois Kim me ligou de um outro celular gritando muito por ajuda.

Kim ainda contou como reagiu quando viu seu marido e seus filhos, North e Saint.

- Eu não queria chorar na frente das crianças. Não queria que eles tivessem medo.

Foi então que Kanye West, marido da socialite, demonstrou toda sua indignação.

- Se algo acontecesse com você, eu não iria parar até que eles estivessem mortos. 

Que tenso, não é mesmo? 

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual reconciliação faz a sua cabeça?

Justin Bieber e Selena Gomez: eles já até se beijaram
The Weeknd e Bella Hadid: eles merecem ficar juntos
Bruna Marquezine e Neymar: nem precisa de justificativa

Obrigado! Seu voto foi enviado.