X

FOTOS

Publicada em 20/12/2011 às 06:55 | Atualizada em 08/05/2015 às 04:54

Professor universitário acusa James Franco de causar indiretamente sua demissão

Da Redação

Um ex-professor da New York University processa a instituição por demiti-lo após ter dado nota baixa a James Franco, que estudou no local.

Em entrevista ao jornal New York Post e ao site TMZ, José Angel Santana garante que o astro de Hollywood foi a apenas duas das 14 aulas de Direção de Atores II dadas por ele (e presente dentro do curso da Tisch School of the Arts). Após isso, afirma ter sido perseguido tanto por Franco, que o teria ridicularizado na mídia e de forma pública, quanto por seu departamento na universidade.

- A escola se desdobrou para criar um ambiente amigável para Franco, com certeza. A universidade fez tudo o possível para favorecer James Franco, garantiu, em conversa com o jornal.

Santana comenta, também, que outros professores só deram boas notas ao ator porque foram contratados por ele para trabalhos em projetos desenvolvidos pelo famoso.

Os representantes de James Franco, da universidade e dos professores que lecionam no curso não foram encontrados para comentar as acusações.


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa mais te surpreendeu ao ter seu nome envolvido na polêmica de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.