X

FOTOS

Publicada em 11/12/2018 às 17:36 | Atualizada em 26/08/2019 às 15:18

Ex de Amy Winehouse dá declaração polêmica ao falar sobre problemas da cantora com drogas

Blake Fielder Civil abriu o jogo em programa de televisão britânico e mostrou sua opinião a respeito das polêmicas que ainda estão associadas à sua falecida ex-esposa

Redação

X
X
Divulgação

Blake Fielder Civil, o ex-marido de Amy Winehouse, participou do Good Morning Britain nessa terça feira, dia 11, e, ao ser acusado pelo apresentador Piers Morgan de que teria vivido um relacionamento tempestuoso e sustentado por muitas drogas com a cantora, afirmou o seguinte:

- Não, não era. Isso é algo que precisa ser debatido. Nos seis ou sete anos de idas e vindas minha e da Amy, tempestuoso é talvez (apropriado), se você quiser chamar nossa relação dessa maneira.

Em relação ao consumo de drogas que aconteceu enquanto os dois estavam juntos, e que foi tido como sendo responsabilidade dele, Blake Fielder Civil fez uma autodefesa declarando: 

-  O lance das drogas é algo que vem sendo atribuído a mim, mas o fato é que eu e Amy usamos drogas por, talvez, seis meses em nosso casamento. Foi isso. E antes da Amy não usar drogas, ela fumava maconha. Eu usei heroína talvez quatro ou cinco vezes.

Durante a entrevista, ele, que agora é casado e e é pai de dois filhos, afirmou que não é mais capaz de ser sempre o único a ser responsabilizado pelo estado da autora de Black to Black, desde antes da morte dela. Além disso, ele considera que, depois do lançamento do documentário sobre a vida dela, tem ocorrido uma culpabilização de outras partes envolvidas.

Uma questão que o perturba, e que foi mencionada por Black, é o ganho de dinheiro em cima da morte da voz de Rehab. Apesar de a família Winehouse alegar que o lucro arrecadado com a turnê mundial da cantora, que será feita com holograma, ter como destino fundações de caridade para ajudar os jovens que estão participando de programas a tratarem do vício em álcool e drogas, Piers opina:

- Parece que desde que a Amy morreu, sete anos atrás, foram lançados três filmes e eu não consigo ver outras razões por detrás disso se não o lucro a ser conseguido.

O apresentador Piers Morgan questionou então essa fala, relembrando o entrevistado de que esse também ganhou dinheiro para falar sobre a relação dele com a ex.

- Não foi um dinheiro que mudaria a minha vida. Eu recusei muitas e muitas coisas.

Amy Winehouse morreu no dia 23 de julho de 2017 vítima de uma intoxicação alcoólica. Ela, além de ser um ícone do jazz contemporâneo e de estilo fashion, é parte dos célebres artistas que faleceram com 27 anos. 

Abaixo, confira o legado fashion da cantora!



Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para o retorno de Amor de Mãe?

Obrigado! Seu voto foi enviado.