X

FOTOS

Publicada em 18/09/2019 às 11:29 | Atualizada em 18/09/2019 às 11:44

Nick Carter pede ordem de restrição contra Aaron Carter após ele ameaçar matar a esposa grávida do BSB

Em suas redes sociais, Aaron negou as acusações e ainda afirmou que não vê o irmão mais velho há quatro anos

Da Redação

X
X

Não é novidade que Aaron Carter vira e mexe se envolve em polêmicas, visto que, apenas neste ano, o cantor foi acusado de ter vendido um cachorro após adotá-lo e, também, de afirmar que sofreu violência doméstica por parte de sua ex-namorada, Lina Valentina. Agora, no entanto, seu nome está no meio de uma situação muito mais tensa, pois, segundo o TMZ, ele está sendo alvo de um processo judicial aberto pelo seu próprio irmão, Nick Carter, integrante do Backstreet Boys.

Recentemente, Aaron revelou que foi diagnosticado com esquizofrenia e bipolaridade e, ainda segundo o site norte-americano, Nick entrou na justiça com uma ordem de restrição contra o irmão por ameaças à sua mulher que está grávida do segundo bebê do casal.

Pelo que parece, ele teria ameaçado de morte Lauren Kitt, esposa do cantor, e o bebê, que ainda não nasceu e, em seu Twitter, Nick compartilhou uma longa mensagem falando sobre a situação.

Após cuidadosa consideração, minha irmã Angel e eu sentimos em dizer que tivemos que pedir hoje uma ordem de restrição contra nosso irmão Aaron. Por conta do alarmante comportamento de Aaron e sua recente confissão que mataria minha esposa grávida e meu filho que ainda não nasceu, nós ficamos sem alternativas se não tomarmos as devidas medidas para proteger a nós e as nossas famílias. Nós amamos nosso irmão e realmente esperamos que ele tenha um tratamento necessário antes que ele possa causar qualquer mal a si mesmo ou a alguém.

Aaron negou as acusações e disse que jamais machucaria sua família. No entanto, com a ordem de restrição relatada em documentos obtidos pelo TMZ, ele deve permanecer a pelo menos 30 metros de distância de Nick e de sua casa, ou de qualquer um dos membros da família do Backstreet Boys.

Em seu Twitter oficial, Aaron negou publicamente as acusações e ainda afirmou que sempre foi vítima de bullying, e que não via o irmão há quatro anos.

Estou impressionado com as acusações feitas contra mim e não desejo mal a ninguém, especialmente à minha família, começou.

Tudo o que peço é que minha família me deixe em paz. Isso é sangue. Não é amor. Eu nunca estarei perto de você e não quero estar perto de você. Fui eu quem disse que já chega, e você faz isso comigo!?

Me deixem em paz. Pelo resto da vida. Eu estou implorando, por favor. Eu não tenho visto vocês, e Nick, você fez bullying comigo a vida toda. E me torturou quando criança. E todo mundo sabe disso. Isso foi disponibilizado a público. E agora você está com medo da verdade, disse, mostrando um vídeo de uma cena do documentário da família, House of Carters, em que que Nick o empurra várias vezes.

Além disso, em seu Instagram, o cantor compartilhou um vídeo em que parece cantando a música Bye, Bye, Bye do 'NSYNC com uma camiseta da boyband e, na legenda, escreveu:

Tchau, tchau, tchau para todos vocês rudes e filhos da p**t que são fãs do Backstreet Boys. Eu não sou um de vocês.

E continua:

Esperando todos os haters comentarem para que eu possa os bloquear LOL.


Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Aaron Carter (@aaroncarter) em

A seguir, relembre as famílias que já protagonizaram brigas públicas!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A primeira treta de A Fazenda 13 aconteceu! De que lado você está?

Obrigado! Seu voto foi enviado.