X

FOTOS

Publicada em 20/09/2019 às 13:33 | Atualizada em 20/09/2019 às 14:00

Bruno Gagliasso está sendo processado por ex-funcionário e não vai a audiência

O ator é sócio de uma plataforma que desenvolve aplicativos de mobilidade e transporte

Da Redação

Bruno Gagliasso está sendo processador por um ex-funcionário. Ricardo Pedrosa Cruado trabalhou na Brave, startup que desenvolve aplicativos de mobilidade e transporte, da qual Gagliasso é sócio, e agora pede benefícios que teria se fosse contratado no regime de Consolidação das Leis do Trabalho, CLT, já que prestava serviços como Pessoa Jurídica.

O ex-funcionário luta por benefícios como décimo terceiro salário, adicional de férias e rescisão contratual.

Confrontado com o processo, Gagliasso não compareceu à audiência dia 12 de setembro de 2019.

A 48ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro deu um prazo para que Bruno acertasse sua representação, ou seja, o processo continua. 


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual polêmica envolvendo casais famosos mais te surpreendeu?

Obrigado! Seu voto foi enviado.