X

NOTÍCIAS

Publicada em 20/09/2016 às 07:51 | Atualizada em 20/09/2016 às 08:20

Jim Carrey rebate acusações de ter facilitado morte da ex-namorada

O ator disse que os problemas de Cathriona White começaram bem antes de ele começar a namorá-la

Da Redação

Getty Images

Após ser acusado pelo ex-marido de Cathriona White de ter facilitado o suicídio da maquiadora, Jim Carrey resolveu se pronunciar indignado com a situação. Em comunicado enviado à People por seus advogados, o ator disse que não irá tolerar as alegações de Mark Burton.

Que pena. Seria fácil eu me reunir em um quarto com o advogado deste homem para que essa história desapareça, mas existem alguns momentos da vida em que você deve se levantar e defender a honra contra o mal deste mundo. Não vou tolerar essa tentativa desesperada de explorar a mulher que eu amei. Os problemas de Cat surgiram muito antes de eu conhecê-la e infelizmente o desfecho trágico dela estava fora do nosso controle. Espero que algum dias as pessoas parem de tentar tirar vantagem e a deixem descansar em paz.

Ainda segundo o TMZ, os advogados de Jim Carrey informaram que as receitas usadas por Cathriona foram usadas e que o ator jamais forneceu algum medicamento à ela. O veículo informou que na época em que a maquiadora foi encontrada morta, três recipientes estavam ao lado do corpo de Cathriona com o nome Arthur King, que seria um pseudônimo do ator. Ou seja, Carrey pode ter arranjado os remédios para a ex com um nome falso. Se essa informação for verdadeira, Jim terá que responder um processo - aberto pelo ex-marido da maquiadora -,  já que esse ato é ilegal no estado da Califórnia. 



Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da foto sem retoques de Hariany Almeida?

Obrigado! Seu voto foi enviado.